Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Solas na Gealaí em Qui Out 25, 2007 8:52 pm

Tradução feita por: Fernanda Peretti.
Todos os direitos reservados.

Book of Leinster

1150 A.D.

(com algumas interpretações variantes
interpretações do Livro dos Formoy)

Irish Texts Society

First redaction (R1)

[ ] = importância glossarial no texto

1. In principio fecit Deus Cawlum et Terram, i.e., Deus fez o Paraíso e a Terra primeiro, [e ele próprio não tinha começo nem fim].

2. Ele fez primeiro a massa disforme, e a luz dos anjos, [no primeiro domingo]. Ele fez o firmamento [na Segunda-feira]. Ele fez a terra e os mares [na Terça-Feira]. Ele fez o sol e a lua e as estrelas do Paraíso [na Quarta-Feira]. Ele fez os pássaros [do ar] e os répteis [do mar na Quinta-Feira]. Ele fez as feras [da terra] no geral, e Adão para governar a todos eles, [na Sexta-Feira]. Depois disso Deus descansou [no Sábado] pelo cumprimento de uma nova Criação,[mas de maneira nenhuma por seu governo].

3. [Depois] ele deu a administração do Paraíso à Lucifer, com as nove ordens dos Anjos do Paraíso. Ele deu a administração da Terra a Adão [e para Eva, sua cria]. [Depois] Lucifer pecou, sendo que ele era o líder de um terço do exército de anjos. O Rei o confinou com um terço do exército de anjos em sua companhia, no Inferno. E Deus disse para o Inimigo do Paraíso: [Arrogante é este Lucifer], unite et confundamus consilium eius.

4. Depois Lucifer teve inveja de Adão, pois ele estava seguro de que seria dado a ele [Adão], parte do Paraíso no lugar de [Lucifer]. Portanto Ele [Iofer Niger] veio na forma de uma serpente, e persuadiu [Adão e] Eva a pecar, fazendo-os comer a maçã da árvore proibida. Portanto Adão foi expulso do Paraíso para a terra comum.

5. Depois o Senhor veio para eles, e ele disse para Adão, Terra es et in terram ibis [i.e., da terra ele foi feito e para a terra ele deverá voltar].
In sudore uultus fui comedes panem tuum [i.e., ele não obterá satisfação sem trabalho árduo]. Ele disse ainda para a mulher: Cum dolore et gemitu paries filios tuos et filias tuas [i.e., deverá ser com dor insuportável que tu deverá dar à luz teus filhos].

6. A cria de Adão pecou [depois], principalmente o mais velho dos filhos de Adão, Cain o amaldiçoado, que assassinou seu irmão Abel ... [através do seu ciúme?] e através da sua ganância, com um osso de camelo, conforme os homens instruídos dizem. [Desta maneira?] começou os assassinatos de família do mundo.

7. Quanto a Seth, um dos três filhos de Adão [que tinha progenia], dele são os homens do mundo inteiro.

Noe s. Lamech s. Mathusalem s. Enoch s. Iared s.
Malalahel s. Cainan s. Enos s. Seth s. Adam

Por isso é Noe que é o segundo de Adão, de quem os homens de todo o mundo são descendentes. Pois o Dilúvio afogou toda a semente de Adão, exceto por Noe com seus três filhos, Sem, Ham, Iafeth, e suas quatro esposas Coba, Olla, Oliva, Olivana.

Em seguida, quando Deus trouxe o Dilúvio sobre todo o mundo, nenhuma das pessoas do mundo escapou do Dilúvio exceto as pessoas que estavam naquela arca - Noé com seus três filhos, e a esposa de Noe, e as esposas dos seus filhos.

Ut dixit poeta,


Um exercito que uma morte gelada não conquistaria
Noe, não há fraqueza de herói,
Uma história de horror foi limpa com
severidade
Sem, Ham, e Iafeth.

Mulheres sem cores más, grandes excelências,
Acima do Dilúvio sem extinções,
Coba, vigoroso foi o cisne branco,
Olla, Oliva, Olivana.


8. Agora Sem se estabeleceu na Asia, Ham na Africa, Iafeth na Europa -


Sem se estabeleceu na agradável Asia;
Ham com sua cria na África. Nobre Iafeth e seus
filhos, foram eles que se estabeleceram na Europa.


Sem tinha trinta filhos, incluindo Arfaxad, Assur, e Persius. Ham, trinta filhos, incluindo Chus e Chanaan. Iafeth tinha quinze incluindo Dannai, Gregus, Hispanius, Gomer. Ou eram vinte e sete filhos que Sem tinha.


Trinta filhos polidos, um fato brilhante,
Eles se originaram de Ham, filho de Noe
vinte e sete que são de Sem,
e quinze de Iafeth.


9. [Em respeito a] Iafeth [filho de Noe], dele é o lado norte da Asia - em outras palavras Asia Menor, Armenia, Média, as Pessoas de Scythia; e dele são os habitantes de toda Europa.


Grecus s. Iafeth, dele é Grecia Magna, Grecia Parva e Grécia Alexandian. Espanus s. Iafeth de quem são os Hispani. Gomer filho de Iafeth teve dois filhos, Emoth e Ibath. Emoth, dele são as pessoas do norte do mundo. Ibath teve dois filhos, Bodb e Baath. Bodb teve um filho Dohe.

Elinus filho de Dohe teve três filhos, Airmen, Negua, Isacon. Assim como Airmen, ele teve cinco filhos, Gutus, Cebidus, Uiligothus, Burgundus, Longbardus. Negua teve três filhos, Saxus, Boarus, Uandalus. Isacon, além disso, um dos três filhos de Elenus, ele teve quatro filhos, Romanus, Francus, Britus, Albanus.

Isso é o que Albanus quem primeiro pegou Albania, com suas crianças, e dele é Alba nomeada: então ele dirigiu seu irmão através do Mar de Icht, e vinda deles são as Albanias do Latium da Italia.

10. Magog, filho de Iafeth, de sua prole são as pessoas que vieram para a Irlanda antes do Gaedil: a saber Partholan s. Sera s. Sru s. Esru s. Bimbend (sic) s. Magog s. Iafeth; e Nemed s. Agnomain s. Pamp s. Tat s. Sera s. Sru; e a prole de Nemed, o Gaileoin, Fir Domnann, Fir Bolg e Tuatha De Danann. Como o poeta disse,


Magog filho de Iafeth tinha certeza da sua prole; deles
era Parthalon de Banba - corajoso foi seu feito.

Deles era o nobre Nemed filho de Agnomain, único; deles
eram Gand e Genand, Sengand, livre Slaine.


A numerosa prole de Elada, deles era Bres, sem mentira:
filho de Elada perito em armas, filho de Delbaeth filho de Net.

S. Inda, s. Allda -Allda que estava s. Tat, s. Tabarn s. Enda, s.
Baath, [filho do] agradável Ibath.

S. Bethach s. Iardan s. Nemed neto de Paimp: Pamp s. Tat
s. Sera s. Sru s. branco Braiment.

De Braiment s. Aithecht, s. Magog, grande em fama: Lá
aconteceu em seu tempo uma união aparente contra um Plano.


Última edição por em Qui Out 25, 2007 9:31 pm, editado 1 vez(es)

_________________
Três coisas das quais nunca se desviar: seu juramento, seus Deuses, a verdade.
avatar
Solas na Gealaí
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/10/2007
Idade : 38
Localização : RJ/SP

Ver perfil do usuário http://antoileanthiar.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Solas na Gealaí em Qui Out 25, 2007 8:55 pm

11. Baath, [um dos dois filhos de Ibath] s. Gomer s. Iafeth, dele são o Gaedil e as pessoas de Cítia. Ele teve um filho, o homem nobre e famoso de quem o nome era Feinus Farsaid. [É ele que era um dos vinte e dois chefes que foram para a construção da Torre de Nemrod, de onde as línguas foram dispersadas.]

Entretanto, Nemrod mesmo era filho de Cush s. Ham s. Noe. Este
é o Feinius supramencionado que trouxe a Fala das Pessoas da
Torre: e é ele quem tinha a grande escola, aprendendo a multiplicidade de línguas.

12. Agora Feinius tinha dois filhos: Nenual, [um dos dois] que ele deixou no principado de Cítia atras dele; Nel, o outro filho, na Torre ele nasceu. Agora ele era um mestre de todas as línguas; portanto um veio [para exigi-lo] do faraó, para aprender a multiplicidade de línguas dele. Mas Feinius veio da Asia para Cítia, de onde ele tinha saído para a construção da Torre; então ele morreu no principado de Cítia, no final de quarenta anos, e passou adiante o poder para seu filho, Nenual.

13, Ao fim de quarenta e dois anos depois da construção da Torre, Ninus filho de Belus tomou a majestade do mundo. Pois nenhum outro tentou exercer autoridade sobre as pessoas ou trazer a multitude de nações sob uma mão, e sob impostos e tributos, a não ser ele sozinho.
Anteriormente houveram chefes; ele que era o mais nobre e mais em
favor da comunidade, ele que era chefe conselheiro para cada
homem: que deveria evitar toda injustiça e favorecer toda justiça. Nenhuma tentativa foi feita para invadir ou dominar as outras nações.

14. Esta foi a hora em que Gaedel Glas, [de quem era o Gaedil]
nasceu, de Scota d. Faraó. Dela são os escoceses nomeados, ut dictum est.


Feni são nomeados do Feinius, um significado sem dissimulação:
Gaedil do belo Gaedel Glas, Escoceses de Scota.


15, Foi Gaedel Glas quem fez a lingua Gaelica de outras setenta e duas linguas:
Há seus nomes, Bithynian, Scythian, etc. Sob poeta cecinit

As linguas do mundo, vejam por si mesmos Bithynia,
Scythia, Cilicia, Hyreania, Gothia, Graecia, Germania, Gallia com horror, Pentapolis, Phrygia, Palmatia, Dardania.

Pamphylia, Mauretania, Lycaonia populosa, Bacctria, Creta,
Corsica, Cypros Thessalia, Cappadocia, nobre Armênia, Raetia,
Sicilia, Saracen-land, Sardinia.

Belgia, Boeotia, Brittania, harmonico Rhodos, Hispania, Roma,
Rhegini, Phoenicia, Índia, Arábia dourada, Mygdonia, Mazaca,
Macedônia.

Parthia, Caria, Syria, Saxones, Athenae, Achaia, Albania,
Hebraei, Arcadia, limpa Galatia, Troas, Thessalia, Cyclades.

Moesia, Media, Persida, Franci, Cyrene, Lacedaemonia,
Langobardi, Thracia, Numidia, Hellas (?) - escute! soberba Italia,
Ethipia, Egypt.

Essa é a contagem das línguas sem manchar da qual Gaedel criou o Gaedelic : conhecido para mim é seus registro de entendimento, os grupos, as diversas línguas.



16. Agora Sru s. Esru s. Gaedel, ele que era o chefe para o Gaedil que saiu do Egito depois que o Farao foi inundado [com seu anfitrião no
Mar Vermelho de Israel]: Setecentos e sententa anos da Inundação até então.

Quatrocentos e quarenta anos da época na qual o Farao foi afogado, e depois Sru s. Esru saiu do Egito, até a hora quando os filhos de Mil foram para a Irlanda, a saber, Eber e Eremon:
Na qual [um] disse -


Quarenta e quatro centenas de anos - não é falsidade - de
quando o povo de Deus veio, estejam vocês certos sobre a superficie do Mare Rubrum, até eles desembarcarem na Cena do mar claro,
eles, os Filhos de Mil, na terra da Irlanda.




17. Quatro companhias de barcos levaram com força Sru para fora do Egito. Havia vinte e quatro casais casados e três assalariados para cada navio. Sru e seu filho Eber Scot eram os chefes da expedição. [Foi então que Nenual s. Baath s. Nenual s. Feinius Farsaid, principe de Citia, morreu: e] Sru também morreu imediatamente depois de alcançar Cítia.

18. Eber Scot tomou [pela força] o reinado da Cítia da prole
de Nenual, até que ele caiu nas mãos de Noemius s. Nenual.
Houve uma disputa entre Noemius e Boamain s. Eber Scot.
Boamain tomou o reinado até ele cair nas mãos de Noemius.
Noemius tomou o principado até ele cair nas mãos de Ogamain s.
Boamain em vingança ao seu pai. Ogamain tomou o reinado até
ele morrer. Refill s. Noemius tomou o reinado até ele cair nas mãos de Tat s. Ogamain. Desde então Tat caiu nas mãos de Refloir s. Refill.
Desde então houve uma disputa do principado entre Refloir
[neto de Noemius e Agnomain s. Tat, até Refloir cair nas mãos de Agnomain.

19. Por essa razão foi a semente de Gaedil levada adiante sobre o mar, a saber
Agnomain e Lamfhind seu filho, desta maneira eles ficaram sete anos no
mar, contornando o mundo do lado norte. Mais do que pode ser contado
foram as dificuldades as quais eles sofreram. [A razão pela qual o nome Lamfhind foi dado para o filho de Agnomain era porque não era maior o brilho das velas do que suas mãos, no reboque.] Eles tinham
três navios com uma união entre eles, e nenhum deles deveria se mover para longe do resto. Eles tiveram três chefes depois da morte de
Agnomain na superfície do grande Mar Cáspio, Lamfhind e Allot, e Caicher o druida.

20. Foi Caicher o druida quem deu o remédio a eles, quando a Sereia
estava fazendo melodia para eles: o sono os estava superando na
música. Este era o remédio o qual Caicher encontrou para eles, para derreter
cera em seus ouvidos. Foi Caicher quem falou a eles, quando o grande
vento os direcionou para o Oceano, então que eles sofreram muito com
fome e sede lá: até o fim de uma semana eles alcançaram o grande promontório
o qual está para o norte da Montanha Rhipaean, e na qual no promontório eles encontraram uma fonte que tinha gosto de vinho, e eles festejaram lá, e passaram três dias e três noites adormecidos lá.
Mas Caicher o druida disse: Levantem, disse ele, nós não devemos descansar até nós alcançarmos a Irlanda. Que lugar é essa 'Irlanda' disse Lamfhind s. Agnomain.
Mais distante que Cítia ela é, disse Caicher. E não devemos ser nós mesmos quem deve alcançá-la, mas nossas crianças, no fim de trezentos anos a partir de hoje.

_________________
Três coisas das quais nunca se desviar: seu juramento, seus Deuses, a verdade.
avatar
Solas na Gealaí
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/10/2007
Idade : 38
Localização : RJ/SP

Ver perfil do usuário http://antoileanthiar.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Solas na Gealaí em Qui Out 25, 2007 9:04 pm

21. Desde então eles se assentaram nos Pântanos Macotic, e lá um filho nasceu para Lamfhind, Eber Glunfhind: [marcas brancas que estavam em seus joelhos]. Ele quem foi chefe depois de seu pai. Seu neto era Febri [Glunfhind (Sic)]. Seu neto era Nuadu.

22. Brath s. Death s. Ercha s. Allot s. Nuadu s. Nenual s. Febri Glas s. Agni encontra s. Eber Glunfhind s. Lamfhind s. Agnomain s. Tat s. Agnomain s. Boamain s. Eber Scot s. Sru s. Esru s. Gaedel Glas s. Nel s. Feinius Farsaid:

Foi que Brath saiu dos Pântanos pelo Mar Torrian para Creta e para Sicília. Eles alcançaram a Espanha desde então. Eles tomaram a Espanha pela força.

23. Quanto a Agnomain s. Tat, ele era o lider dos Gaedil que sairam de Cítia. Ele tinha dois filhos, Lamfhind e Allot. Lamfhind tinha um filho, Eber Glunfhind. Allot teve um filho, Eber Dub, na mesma época que residia nos Pãntanos. Eles tinham dois netos em governo unido,
Toithecht s. Tetrech s. Eber Dub, e Nenual s. Febri s. Agni s. Eber Glunfhind; Havia também Soithecht s. Mantan s. Caicher.

Ucce e Occe, dois filhos de Allot s. Nenual s. Nemed s. Allot s. Ogamain s. Toithecht s. Tetrech s. Eber Dub s. Allot.

24. Quatro fortes companhias de navios foram de Gaedil para a Espanha: em cada navio quatorze casais e sete assalariados solteiros. Brath, uma companhia de navio.
Ucce e Occe, duas companhias de navio: [Dois irmãos eram eles,
os filhos de Allot s. Nenual s. Nemed s. Allot s. Ogamain], Mantan [s. Caicher o druida s. Ercha s. (Coemthecht)] uma companhia de navio. Então eles travaram três batalhas depois de irem para a Espanha: Uma batalha contra os Tuscans, uma batalha contra os Langobardi, e uma batalha contra os Barchu. Mas ai veio uma praga contra eles, e quatro e vinte dos seus números morreram, incluindo Occe e Ucce. Além de dois barcos nenhum escapou, salvo duas vezes cinco homens, incluindo En s. Occe ed Un s. Ucce.

25. Brath tinha um bom filho chamado Breogan, por quem foi construída a Torre e a cidade - Braganza era o nome da cidade. Da Torre de Breogan foi que a Irlanda foi vista; um anoitecer de um dia de inverno Ith s. Breogan a viu. Unde Gilla Coemain cecinit -


Gaedel Glas, de quem era o Gaedil, filho era ele de Nel, com armazenamento de riqueza: Ele era poderoso de leste a oeste, Nel, filho de Feinius Farsaid.

Feinius tinha dois filhos - Eu falo a verdade - Nel nosso pai e Nenual. Nel nasceu na Torre no oeste, Nenual em Cítia, brilhante como um escudo.

Depois de Feinius, o herói do oceano, houve grande inveja
entre os irmãos: Nel destruiu Nenual, que não era gentil;
o Alto Rei havia sido expulso.

Ele foi para o Egito direto com coragem até que ele alcançou o poderoso Faraó; até ele conceder Scota, de não escassa beleza, a modesta e inteligente filha do faraó.

Scota deu à luz um filho do nobre Nel, de quem nasceu uma perfeita grande raça: Gaedel Glas era o nome do homem - verde eram suas armas e suas vestimentas.

O Cruel Esru era filho para ele, que era um senhor com armas pesadas:
o filho de Esru, Sru dos antigos anfitriões para quem foi encontrada toda a fama atribuída a ele.

Sru filho de Esru filho de Gaedel, nosso ancestral, alegrando-se em bandos, ele que foi quem foi para o norte para sua casa, acima da superfície do Vermelho Mare Rubrum.

O pessoal dos quatro navios era o conto de seu anfitrião junto com o vermelho Mare Rubrum: em sua casa de tábua, nós podemos dizer, vinte e quatro casais casados.

O príncipe de Cítia, era um fato claro, o jovem cujo nome
era Nenual, e foi então quando ele morreu lá em sua casa -
que o Gaedil chegou.

Eber Escocês dos heróis assumiu [o reino] sobre a
progênie de Nenual sem vergonha, até ele cair, sem gentil
bondade, nas mãos de Noemius filho de Nenual.

O forte filho de Eber desde então, que tinha o nome de Boamain,
da perfeita pureza, para a margem do Mar Cáspio ele foi
rei, até ele cair na mão de Noemius.

Noemius filho de Nenual da força arrumada em Cítia,
axadrezado como um escudo: o perfeito e justo principe caiu pela mão de Ogamain filho de Boamain.

Desde então Ogamain foi príncipe depois de Noemius da boa força:
até ele morrer em seu território, excomungado: depois dele Refill foi
rei.

Desde então Refill caiu pelas mãos de Tait filho de Ogmain: Tait caiu, apesar dele não ser fraco, pela mão de Refloir filho de Refill.

Refloir e Agnomain sem cicatriz, sete anos estiveram eles em disputa, até Refloir cair com tumulto pela vitoriosa mão de Agnomain.

Noinel e Refill com uma [lança] apontando para os dois filhos de Refloir filho de Refill, eles levaram Agnomain por sobre o enraivecido mar, grande e verde.

Bons eram os chefes, era suficiente, que saíram de Cítia; Agnomain, Eber sem cicatrizes, os dois filhos de Tait filho de Ogamain.

Allot, Lamfhind filho da mão verde, evidente os dois filhos do tão brilhante Agnomain, Caicher e Cing, fama com vitória os dois bons filhos de Eber do cavalo-vermelho.

O número das suas embarcações, três barcos indo sobre as ondas pesadas; três marcaram [a tripulação] de cada navio, um dito claro, e as mulheres a cada terceira marcação.

Agnomain morreu, não houve repreensão nas ilhas do grande
Mar Cáspio. O lugar onde eles foram por um ano eles acharam muito secreto.

Eles alcançaram o cheio Mar da Líbia, uma navegação de seis completos dias de verão; Glas filho de Agnomain, que não merecia desprezo, morreu lá em Cercina.

Uma bonita ilha encontrada por eles onde o Mar da Líbia das lâminas do guerreiro: por um ano, com fama, sua residência temporária naquela ilha.

Eles navegaram no mar, um fato brilhante tanto pelo dia quanto pela noite: o brilho das mãos do lustroso Lamfhind era como duas velas justas.

Quatro chefes tinham eles que não eram desprezíveis, depois de ir para o Mar da Líbia: Allot, Lamfhind aprofundaram por sobre o oceano, Cing e seu irmão Caicher.

Caicher encontrou um remédio para eles na direção da melodia das Sereias: este é o remédio que o justo Caicher encontrou, para derreter a cera em suas orelhas.

Eles encontraram uma fonte e uma terra na Rhipaean, ponta de terra com grande poder, tendo o gosto do vinho desde então: à sua sede se sujeitaram eles poderosamente.

Sonoramente, sonoramente eles dormiram no final de três dias sem sofrimento, até Caicher o fiel druida acordar os nobres homens impacientemente.

Foi Caicher, (um brilhante preenchimento!) quem fez uma profecia para eles, nas Montanhas Rhipaean com uma ponta de terra - "Nós não descansaremos até a Irlanda”.

"Em qual lugar é essa grande Irlanda?", disse Lamfhind o violento guerreiro. "Muito longe" disse Caicher então, "Não seremos nós que a alcançaremos, mas as nossas crianças”.

Eles avançaram em seu batalhão com veneno, em direção ao sul passado os cabos de Rhipaean; a progênie de Gaedel, puros, eles desembarcaram nos Pântanos.

Um glorioso filho nasceu lá, de Lamfhind filho de Agnomain;
Eber Glunfhind, o grifon puro, o avô de cabelos encaracolados de Febri.

A família de Gaedel, os ligeiros e brancos, permaneceram trezentos anos naquela terra: eles moraram lá desde aquele tempo, até Brath o vitorioso chegar.

Brath, o nobre filho de Faithful Death foi para Creta, para Sicília,
a tripulação de quatro navios de uma navegação segura, o apoio para Europa, na Espanha.

Occe e Ucce sem manchas, os dois filhos de Allot filho de
Nenual; Mantan filho de Caicher, fiel Brath, eles foram os
Quatro líderes.

Quatorze homens com suas esposas formaram a tripulação para cada navio cheio de guerreiros, e seis nobres assalariados; eles ganharam três batalhas na Espanha.

Soberba a primeira batalha – Devo eu não ocultar – a qual eles ganharam contra as tropas dos Tuscans; uma batalha contra o Bachra
com violencia, e uma batalha contra o Langobardi.

Foi depois de uma batalha sinistra que chegou a eles a praga de um
dia: as pessoas dos navios dos filhos de Allot
sem culpa estavam todas mortas exceto dez pessoas.

Un e En saíram disso, dois nobres filhos dos fortes chefes:
Desde então Bregon nasceu, pai de Bile o forte e enfurecido.

Ele acabou com um grande número de lutas e batalhas contra as
tropas multicoloridas da Espanha: Bregon dos gritos de valorosos
feitos, de combates, por ele foi construída Brigantia.

Bregon filho de Brath, gentil e bom, ele teve um filho, Mil: os
sete filhos de Mil – boa sua tropa - incluindo Eber e
Eremon.

Juntamente com Dond, e Airech de batalha, incluindo Ir, junto com Arannan, incluindo Armorgen de semblante brilhante,
E junto com Colptha da espada.

Os dez filhos de Bregon sem falsidade, Brega, Fuat, e
Murthemne, Cualnge, Cuala, tinha fama de qualquer forma, Ebleo, Nar,
Ith, e Bile.

Ith filho de Bregon com melódica fama foi o primeiro na
Irlanda: ele foi o primeiro dos homens que a habitaram,
da nobre semente do poderoso Gaedil.

_________________
Três coisas das quais nunca se desviar: seu juramento, seus Deuses, a verdade.
avatar
Solas na Gealaí
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/10/2007
Idade : 38
Localização : RJ/SP

Ver perfil do usuário http://antoileanthiar.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Solas na Gealaí em Qui Out 25, 2007 9:16 pm

26. Vamos parar [neste ponto] com as histórias de Gaedil, assim nós poderemos contar das sete pessoas que tomaram a Irlanda antes dele. Cessair, d. Bith s. Noé a tomou, quarenta dias antes do dilúvio. Partholon s. Sera trezentos anos depois do dilúvio. Nemed s. Agnomain dos Gregos de Cítia, no final de trinta anos depois de Partholon. Os Fir Bolg desde então. Os Fir Domnann depois. Os Gailioin depois [al., junto com eles]. Os Tuatha De Danann depois. [Os filhos de Mil depois conforme Fintan disse]. Unde Fintan cecinit,


Irlanda – o que quer que seja perguntado de mim que eu sei de forma agradável, cada conquista que ela levou do começo do harmônico mundo.

Cessair veio do Leste, a mulher foi filha de Bith;
Com suas cinquenta donzelas, com seus três homens.

O Dilúvio alcançou Bith em sua montanha, não é segredo; Ladra em Ard Ladrand, Cessair em seu esconderijo.

Mas em relação a mim, Ele me enterrou, o Filho de Deus, acima [da] companhia; Ele arrebatou o Dilúvio de mim acima do pesado Tul Tuinde.

Eu tive um ano embaixo do Dilúvio no forte Tul Tuinde; Não encontrei nada para meu sustento, um contínuo sono era o melhor.

Eu estava na Irlanda aqui, minha jornada foi interminável, até Partholon alcançá-la, vindo do Leste, da terra dos Gregos.

Eu estava aqui na Irlanda e a Irlanda estava deserta, até o filho de Agnomain alcançar Nemed, brilhante suas maneiras.

Os Fir Bolg e Fir Gailian vieram, foi há longo tempo atrás; os Fir Domnann vieram, eles desembarcaram numa encosta no oeste.

Depois os Tuatha De vieram, em suas massas de brumas, de tal forma que havia sustento para mim apesar de ter sido por uma longa vida inteira.

Os filhos de Mil vieram da Espanha, do sul, de tal forma que havia sustento para mim em suas mãos, apesar deles serem fortes na batalha.

Uma vida longa caiu no meu destino, não devo eu negá-lo; até que a Fé me alcançou do Rei do Paraíso das nuvens.
Eu sou Fintan o branco filho de Bochna, não devo eu negá-lo;
Depois do dilúvio aqui estou eu um nobre e sábio.



27. Incipit de As Conquistas da Irlanda. Depois que Cessair filha de Bith s. Noe a tomou, ut poeta dixit, quarenta dias antes do dilúvio.

Esta é a razão por ela ter vindo, fugindo do dilúvio: Noe disse
Para eles: Levantem, disse ele [e vão] para a margem ocidental do mundo;
Talvez o Dilúvio não os alcance.

28. A tripulação dos três navios chegaram em Dun na mRarc no território de Corco Daibne. Dois dos barcos estavam destruídos.
Cessair com a tripulação do seu navio escaparam, cinquenta mulheres e três homens: Bith s. Noe, sobre quem foi Sliab Betha (nomeado) – lá está ele enterrado, na grande pilha de pedra de Sliab Betha; Ladra, o piloto, com quem está Ard Ladrand – ele foi o primeiro homem morto que foi para debaixo do solo da Irlanda; Fintan s. Bochra, de que está o "Túmulo de Fintan " sobre Tul Tuinde. Cessair morreu em Cul Cessrach em Connachta, com suas cinquenta donzelas.

29, Estes são seus nomes, ut Fintan cecinit


Uma justa divisão fizemos entre nós, eu e Bith e
o destemido Ladra; pela paz e pela razão foi feito isso, a respeito das cinquenta maravilhosas donzelas.

Dezessete mulheres eu tomei, incluindo Cessair - Lot, Luam, Mall, Mar, Froechar, Femar, Faible, Foroll, Cipir, Torrian, Tamall, Tam, Abba, Alla, Baichne, Sille: este é o conto no qual nós estávamos.

Dezessete Bith tomou, com Bairrfhind - Sella, Della, Duib,
Addeos, Fotra, Traige, Nera, Buana, Tamall, Tanna, Nathra,
Leos, Fodarg, Rodarg, Dos, Clos: que seja escutado - estes eram nosso povo também.

Dezesseis então com Ladra: Alba, Bona, Albor, Ail, Gothiam, German, Aithne, Inde, Rodarg, Rinne, Inchor, Ain, Irrand, Espa, Sine, Samoll: esta era a nossa fiel companhia.



Nenhuma das sementes de Adão tomou a Irlanda antes do Dilúvio a não ser estes.


30. Agora a Irlanda foi perdida [depois], por um espaço de trezentos anos [ou trezentos e doze, quod uerius est] até Partholon s. E continuará até s. Sru chegar nela. Ele foi o primeiro que chegou à Irlanda depois do Dilúvio, numa terça, na décima quarta lua, em Inber Scene: [por três vezes foi a Irlanda tomada no cenário de Inber]. Da progênie de Magog filho de Iafeth foi ele, [ut dixi supra]:
no sexagésimo ano da idade de Abraão, Partholon tomou a Irlanda.

31. Quatro chefes fortes chegaram com Partholon: ele mesmo e Laiglinne seu filho, o qual é Loch Laighlinne em Ui mac Uais do Breg; Slanga e Rudraige, os dois outros filhos de Partholon, que eram os Sliab Slanga e Loch Rudraige. Quando o túmulo do Rudraige virou uma escavação, o lago lá explodiu por sobre a terra.

32. Sete anos esteve Partholon na Irlanda quando o primeiro homem do seu povo morreu, a saber, Fea, que era Mag Fea; por ele ter sido enterrado, em Mag Fea.

33. Depois no trigésimo ano, a primeira batalha da Irlanda, na qual Partholon ganhou em Slemna de Mag Itha contra Cichol que atrasa na hora de bater palmas, dos Fomoraig. Homens com um só braço e uma só perna eles eram, que se juntaram a ele na batalha.

34. Houve sete lagos que explodiram na Irlanda no tempo de Partholon: Loch Laighlinne em Ui mac Uais de Breg, Loch Cuan e Loch Rudraige em Ulaid, Loch Dechet e Loch Mese e Loch Con em Connachta, e
Loch Echtra em Airgialla; Partholon não encontrou mais do que três lagos e nove rios na Irlanda antes dele - Loch Fordremain em Sliab
Mis of Mumu, Loch Lumnig em Tir Find, Loch Cera em Irrus; Aba Life, Lui, Muad, Slicech, Samer (sob o qual está Ess Ruaid), Find, Modorn, Buas, e Banna entre Le e Elle. Quatro anos antes da morte de Partholon, houve a explosão de Brena sobre a terra.

35. Quatro planícies foram limpas por Partholon na Irlanda: Mag Itha em Laigen, Mag Tuired em Connachta, Mag Li em Ui mac Uais, Mag Ladrand em Dal nAraide. Pois Partholon não encontrou mais de uma planície na Irlanda antes dele, A Velha Planície [de Elta] de Edar. É por isso que ela é chamada de "Velha Planície" pois nunca um ramo de galho de madeira cresceu por ela.

_________________
Três coisas das quais nunca se desviar: seu juramento, seus Deuses, a verdade.
avatar
Solas na Gealaí
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/10/2007
Idade : 38
Localização : RJ/SP

Ver perfil do usuário http://antoileanthiar.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Solas na Gealaí em Qui Out 25, 2007 9:23 pm

36. E foi lá que Partholon morreu, quinhentos homens e quatrocentas mulheres, de uma praga de uma semana nas calendas de Maio. Em uma
segunda-feira a praga os matou todos exceto um homem tantum - Tuan filho de Starn filho de Sera sobrinho de Partholon: e Deus o vestiu de várias formas, e aquele homem sobreviveu sozinho do tempo de Partholon até o tempo de Findian e de Colum Cille. Então ele narrou a eles “As Conquistas da Irlanda” desde o tempo de Cessair, o primeiro que conquistou, naquele tempo. E esse é Tuan filho de Cairell filho de Muiredach Muinderg. Dele o sábio historiador cantou a seguinte canção -


Vocês estudiosos da Planície do justo, branco Conn, da terra dos homens de Fal, conforme eu relato, qual companhia, depois da criação do mundo, primeiro desceu sobre a Irlanda?

A Irlanda antes do rápido Dilúvio, conforme eu conto seus cursos, conhecimento, lã emaranhada branco-pura encontraram, incluindo Cessair filha de Bith.

Bith filho de Noe de várias tropas, apesar dele ter superado um formação de trincheiras, ele morreu pronto pra lutar na Sliab Betha; Ladra morreu em Ard Ladrann.

Fintain passou por uma jornada de fraqueza, seu túmulo foi encontrado, foi um salto de impetuosidade; ele não estava escavado na vala de um pátio de igreja, mas num túmulo por sobre Tul Tuinde.

Para Dun na mBarc um festival de separação experimentado sem escala já imaginada os trouxeram; num monte de pedras, ao lado de um frutífero mar Cessair morreu em Cul Cessrach.

Em quarenta dias muito insuficientes a pequena e graciosa tropa chegou em seus navios, e antes do barulho do dilúvio eles desembarcaram num pedaço de terra da Irlanda.

Ele seguiu numa viagem de decisão verdadeira pelo poder do Rei que ele costumava adorar; Fintan, que era um homem com notícias para lordes, para os poderosos da terra.

Trezentos anos, eu os ostento, eu falei através das regras que eu contei, prazerosa Irlanda, o que eu proclamei contra os Profetas foi perda, depois do Dilúvio.

Partholon o excelente veio, um curso real através de mar batido por remos: seu quarteto de heróis, justos e fiéis – entre eles estava o nascido livre, Slanga.

Slanga, Laiglinne o brilhante, embarcado, nobre e forte foi sua canoa; estes eram seu pronto trio de chefes, junto com o insolente Rudraige.

Planícies eram devastadas de seus grandes bosques, por ele, para chegar perto de suas queridas crianças; Mag Itha em direção ao sul, uma colina de vitória, Mag Li das cinzas, Lag Lathraind.

Sete explosões de lagos, apesar de você medi-los, tem boa fama, apesar de você ter que endireitá-los onde eles preencheram, no meio do limite dos vales, Irlanda insular nessa época.

Loch Laiglinne, destemido Loch Cuan, o Loch of Rudraige, (ele era) um lorde sem dom de leis, Loch Techet, Loch Oese
Abundante em mead, Loch Cou, Loch Echtra cheio de cisnes.

Sobre a Irlanda de beleza colorida, conforme eu relato cada fundação da fortaleza de Bith ele encontrou não mais do que três lagos à sua frente.

Três lagos, vastos e sem correntezas (?) e nove rios cheios de beleza: Loch Fordremain, Loch Luimnig, Findloch sobre as margens de Irrus.

O rio da Vida, o Lee nos deixa mencionar, no qual cada druida sussurra quem conhece diana senga; na história dos antigos rios da Irlanda foi demonstrado o verdadeiro nível do Dilúvio.

Muad, Slicech, Samer, tu o nomeias, Buas, um Dilúvio com o tipo de fama do mais alto, Modorn, encontrada com a forma de uma lâmina de espada (?) Banna entre Lee e Eille.

Ele morreu por orgulho, com guerreiros, Partholon, da tropa de centenas: eles foram derrubados com posses, com tesouros, na Antiga Planície de Elta do Edar.

É por isso que é afortunada a Antiga Planície que foi Deus
O criador que a fez: sobre sua terra que a boca do mar corta nenhuma raiz ou galho de madeira foi encontrado.

Seu túmulo está lá de acordo com os homens de verdade, Apesar dele não ter poder entre os santos: Silencioso foi seu sono sob lugares de descansos que não foram caminho de peregrinação para nossos escolares.

Trezentos anos, apesar de que vocês devem saber, sobre terras, segredos para serem exaltados, tinham a tropa, brilhantemente melódica e durável, antiga e nobre Irlanda.

Homens, mulheres, garotos e garotas, no começo de Maio, a um grande atraso, a praga de Partholon em Mag Breg não foi uma inquebrantável divisão de verão da paz.

Foram por 30 magros anos que ela ficou vazia em face de heróis de guerra, depois da morte de seu anfitrião durante uma semana, com suas tropas sob Mag Elta.

Deixe-nos adorar o Rei dos Elementos, a boa Cabeça, a Fortaleza do nosso povo, de quem é cada tropa, cada geração, de quem é cada cabeça, cada sabedoria.

Eu sou Ua Flaind quem espalha a verdade; uma partilha com
Reis, possuía ele a escolha; possa o que quer que seja que ele possa falar, ser um discurso de graça, possa estar de acordo com a santidade, ó sábios!

37. Foram os quatro filhos de Partholon que fizeram a primeira divisão da Irlanda no começo, Er, Orba, Fergna, Feron. Havia quatro homens,
homônimos para eles, entre os filhos de Mil, mas eles não eram os mesmos. De Ath Cliath de Laigen até Ailech Neit, era a divisão de Er.
De Ath Cliath até a Ilha de Ard Nemid, era a divisão de Orba.
De Ailech até Ath Cliath de Medraige, era a divisão de Feron.
De Ath Cliath até Ailech Neit, era a divisão de Fergna. Então essa foi a maneira que a Irlanda foi primeiramente dividida.


38. Partholon tinha quatro bois, que eram a primeira criação de gado da Irlanda. De sua companhia era Brea, filho de Senboth, de quem era a casa, a carne [caldeirão], e a primeira moradia feita na Irlanda. De sua companhia era Samailiath, de quem era a primeira cerveja e fiança feitas na Irlanda. De sua companhia era Beoir, de quem a primeira casa de hóspedes foi feita na Irlanda. Como o poeta diz


Partholon, de onde ele veio para a Irlanda, avaliem vocês! No dia que ele alcançou através do mar, qual era a terra de onde Partholon veio?

Ele veio da Sicília para Grécia –uma jornada de um ano, sem nenhuma mentira: uma navegação de um mês para o oeste da Grécia, para Capadócia.

De Capadócia ele viajou, uma navegação de três dias para
Gothia, uma navegação de um mês da branca Gothia, até a tri-curvada Espanha.

Depois disso ele alcançou Inis Fail, para a Irlanda da Espanha: na segunda, o décimo sem o defeito de um octeto conquistou a Irlanda.


Ele foi o primeiro homem que tomou sua esposa no tempo de Partholon sem falsidade: Fintan, que conquistou sua mulher através do combate -Aife, filha de Partholon.

Parthlolon saiu um dia, para viajar por sua produtiva terra: Sua esposa e seu cúmplice juntos ele deixou para trás na ilha.

E eles estando em sua casa, os dois, uma maravilha jamais ouvida, ela se ofereceu para o puro cúmplice, ele não fez nenhum oferecimento para ela.

Já que ele não a respondeu prontamente o cúmplice,
Resistente a uma intenção maligna, ela tira seu casaco
Em desespero –uma ação impulsiva para uma boa mulher!

O cúmplice levantou-se sem incertezas, uma coisa frágil é
A humanidade –e foi, um dito sem prazer, com Delgnat dividir sua cama.

Insolente foi o enfeite trabalhado para o agradável cúmplice, que era Topa de melódicas cordas: cair num duro truque, uma felicidade sem prazer, com Delgnat, para dividir sua cama.

Partholon, que era um homem de sabedoria, tinha um barril
da mais doce cerveja: da qual ninguém poderia beber nada a não ser através de um tubo de ouro vermelho.

Sede os atacou depois do ato, Topa e Delgnat, de acordo com a verdade: então que as duas bocas beberam seus dois drinques (?)
No tubo.

Quando eles o fizeram, um casal sem remorso, veio sobre eles uma grande sede; rapidamente eles beberam um brilhante drinque em brasa, através do tubo dourado.

Partholon chegou lá fora, depois de chegar da floresta; foi dado a ele, com um leve distúrbio, seu barril e seu tubo.

Quando ele pegou o tubo reto, ele percebeu no topo de primeira, o gosto da boca de Topa tão perto assim, e o gosto da boca de Delgnat.

Um negro e grosseiro demônio revelou a ação má, falsa e desagradável: "Aqui está o gosto da boca de Topa" disse ele, "E o gosto da boca de Delgnat."

Então disse o sonoro filho de Sera, o homem chamado Partholon: "apesar do curto tempo que estivemos fora, nós temos o direito de reclamar de você."

O homem bateu no cachorro da mulher com a palma – foi sem necessidade - ele assassinou o canalha, era uma recompensa que poderia ser insuficiente; então essa foi a primeira crise de ciúmes da Irlanda.

Degnat respondeu a seu marido: "Não é sobre nós que deve cair a culpa, apesar de ser amargo seu pensamento a meus dizeres, verdadeiramente, mas é sobre você."

Apesar de maligno vosso pensamento a meus dizeres para ti, Partholon, esse direito deve ser meu: Eu sou a 'uma na frente de um' aqui, eu sou inocente, recompensa é minha dívida.

Mel com uma mulher, leite com um gato, comida com o generoso, carne com a criança, um obreiro dentro e um afiado [instrumento] um na frente do outro, 'é um grande risco.'

A mulher irá provar o grosso mel, o gato irá beber o leite, o generoso irá conceder a comida pura, a criança comerá a carne.

O obreiro pegará o instrumento, o um com outro ficarão juntos: a razão pela qual é correto guardá-los bem desde o começo.

Esse foi o primeiro adultério a ser conhecido e feito aqui no começo: a esposa de Partholon, um homem de nível social, ir com um ignóbil seguidor.

Ele foi atrás do seguidor e o matou com raiva: para ele
Não veio a ajuda de Deus sobre a barreira do assassino de parentes.

O lugar onde isso foi feito, depois de sua certeza formada - qrande é a doçura que esteve um dia na terra de Inis Ssaimera.

E aquilo, sem engano, foi o primeiro julgamento na Irlanda desde então, com um julgamento muito nobre, foi "o direito de sua esposa contra Partholon."

Dezessete anos tiveram eles desde então, até chegar a morte daquele homem; a batalha de Mag Itha dos combates foi uma das tarefas de Partholon.

_________________
Três coisas das quais nunca se desviar: seu juramento, seus Deuses, a verdade.
avatar
Solas na Gealaí
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/10/2007
Idade : 38
Localização : RJ/SP

Ver perfil do usuário http://antoileanthiar.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Solas na Gealaí em Qui Out 25, 2007 9:28 pm

Também da viagem de Partholon -

Boa foi a grande companhia que Partholon tinha: donzelas e jovens ativos, chefes e campeões. '

Totacht e o forte Tarba, Eochar e Aithechbel, Cuaille,
Dorcha, Dam, os sete chefes lavradores de Partholon.

Liac e Lecmag com cores, Imar e Etrigi, os quatro bois, um adequado, que arou a terra de Partholon.

Beoir era o nome do homem, com seus nobres e com seu povo, que sofreu uma visita em sua sólida casa, o primeiro na ilha da Irlanda.

Por aquilo Brea filho de Senboth numa casa esteve primeiro, um caldeirão no fogo; uma façanha que o agradável Gaedil não abandonou, morando na Irlanda.

Pelo Samaliliath foi conhecida a cerveja e o navio de garantia: por ele foi feito desde então adoração, oração, questionamento.

Os três druidas de Partholon dos portos, Fiss, Eolas, Eochmarc: os nomes dos seus três campeões a seuir, Milchu,
Meran, Muinechan.

O nome das dez nobres filhas que Partholon tinha,
E o nome dos seus dez genros eu tenho ao lado, isso é uma memória completa.

Aife, Aine, alta Adnad, Macha, Mucha, Melepard, Glas e
Grenach, Auach e Achanach.

Aidbli, Bomnad e Ban, Caertin, Echtach, Athchosan, Lucraid, Ligair, Lugaid o guerreiro, Gerber que não era inútil nesse mundo.

Beothach, Iarbonel, Fergus, Art, Corb, que seguiu (?) sem pecado, Sobairche, ativo Dobairche, eram os cinco chefes de Nemed, bom em força.

Bacorb Ladra, que era um sonoro sábio, ele era o homem do aprendizado de Partholon: ele é o primeiro homem, sem incertezas, que deu hospitalidade.

Onde eles araram no oeste estava em Dun FInntain, apesar de ser bem longe: e eles pastorearam grama do restante no leste de Mag Sanais.

Bibal e Babal o branco, eram os dois comerciantes de Partholon:
Bibal levou ouro até ali, Babal levou gado.

A primeira construção da Irlanda sem remorso, foi feita por Partholon: a primeira fermentação, preparo de manteiga, cerveja, um curso com graça, para começar, na boa e sublime Irlanda.

Rimad foi o firme e alto lavrador, Tairle o chefe lavrador geral: Fodbach era o distribuidor, sem ficção nisso, e Fetain o
ceifador.

Quebrado estava o nome do homem, era perfeito, que foi o primeiro trabalhador que escondia algo vergonhoso: foi destruído com um dispersar que não era maligno, Partholon pensou que isso seria bom.

Então essas são as primeiras notícias da Conquista da Irlanda depois do Dilúvio.


39. Então a Irlanda foi perdida depois disso, por um espaço de trinta anos depois de Partholon, até Nemed filho de Agnomain dos gregos de Cítia irem para lá, com seus quatro chefes; [eles eram os quatro filhos de Nemed].
Quarenta e quatro navios tinha ele no Mar Cáspio por um ano e meio, mas seu barco somente alcançou a Irlanda. Estes são os quatro chefes, Starn, Iarbonel o Profeta, Annind, e Fergus do lado Vermelho: eles eram os quatro filhos de Nemed.

40. Houve quatro aparições repentinas de lagos na Irlanda na época de Nemed: Loch Cal em Ui Niallain, Loch Munremair em Luigne, Loch Dairbrech, Loch Annind em Meath. Quando seu túmulo [de Annind filho de Nemed] estava sendo cavado e ele estava sendo enterrado, lá o lago explodiu por sobre a terra.

41, Foi Nemed quem ganhou a batalha de Ros Fraechain contra Gand e
Sengand, dois reis dos Fomoraig, e os dois foram assassinados lá.
Duas fortalezas reais foram cavadas por Nemed na Irlanda, Raith Chimbaith em Semne, Raith Chindeich em Ui Niallain. Os quatro filhos de Matan Munremar escavaram Raith Cindeich em um dia: ou seja, Boc, Roboc, Ruibne, e Rotan. Eles foram assassinados antes da manhã em Daire Lige por Nemed, para que eles não melhorassem a escavação.

42. Doze planícies foram limpas por Nemed na Irlanda: Mag Cera, Mag Eba, Mag Cuile Tolaid, e Mag Luirg em Connachta: Mag Seired em Tethba;
Mag Tochair em Tir Eogain; Mag Selmne em Araide; Mag Macha em
Airgialla; Mag Muirthemne em Brega; Mag Bernsa em Laighne; Leccmag e Mag Moda em Mumu.


43. Ele ganhou três batalhas contra os Fomoraig [ou refugiados do mar]: a batalha de Badbgna em Connachta, de Cnamros em Laigne, de Murbolg em Dal Riada. Depois disso, Nemed morreu de praga em Oilean Arda Nemid em Ui Liathain.

44. A progênie de Nemed ficou sobre grande opressão depois de sua época na Irlanda, nas mãos de More, s. Dela e de Conand s. Febar [por
quem a Torre de Conand foi nomeada, as quais hoje são chamadas de Toirinis Cetne. Nelas estava a grande frota dos Fomoraig]. Dois terços da progênie, o trigo, e o leite das pessoaa da Irlanda (tinham que ser trazidos) a cada Samain para Mag Cetne. Raiva e tristeza envolveram os homens da Irlanda pela sobrecarga dos impostos. Todos eles foram lutar contra os Fomoraig. Eles tiveram três campeões, Semul s. Iarbonel o Profeta s. Nemed, Erglan s. Beoan s. Starn s. Nemed, Fergus do Lado Vermelho s. Nemed. Três mil no mar, outros três mil na terra, eles invadiram a torre. Conand e sua progênie caíram.

45. Então, depois daquela captura, More filho de Dela chegou, com a equipe de navios demarcados três vezes, e eles caíram num mútuo massacre. O mar foi para cima das pessoas na Irlanda, e nenhum deles escapou do outro, tão severa foi a batalha: nenhum escapou a não ser um barco, no qual tinha trinta guerreiros. Eles avançaram, partindo da Irlanda, fugindo da doença e dos impostos: Bethach morreu na Irlanda de praga; suas dez esposas sobreviveram a ele por um espaço de vinte e três anos. Ibath e seu filho Baath foram para o norte do mundo. Matach e Erglan e Iartach, os três filhos de Beoan, foram para Dobar e Iardobar no norte de Alba.

46. Semeon foi para as terras da Grécia. Sua progênie aumentou lá até eles chegarem a centenas. Escravidão foi imposta sobre eles pelos gregos; eles tinham que tirar argila de duras montanhas para assim elas se tornarem planícies floridas. Desde então eles estavam cansados de sua servidão, e se colocaram a fugir, quinhentos homens fortes, e fizeram barcos de suas bagagens: [ou, como o Coro de Druim Snechta diz, eles roubaram os barcos a vela do rei da Grécia para irem neles].
Depois disso eles voltaram novamente para a Irlanda, sua terra de origem: aquele foi o final de duzentos e trinta e anos depois de Nemed. Estes eram seus cinco chefes, Gand, Genand, Rudraige, Sengand e Slaine.

47. E de Fergus do Lado vermelho e seu filho, Britain Mael de quem são todos os Bretões no mundo, eles dominaram Moin Conain e a preencheram com sua progênie a grande ilha, Britannia Insula: até Hengist e Horsa, os dois filhos de Guictglis, Rei dos Antigos Saxões, vir e conquistá-los: e eles levaram os Bretões até as margens da Ilha.
Estas são as aventuras da progênie de Nemed depois de conquistar a Torre de Conand: sobre o Historiador cecinit

Grande Irlanda na qual Gaedil regulamenta, eu digo algumas de suas preocupações: Grande chefes armados com lanças a tomaram, da orgulhosa raça de Adão.

De Adão o verdadeiramente melódico, o sem misericórdia, para o Dilúvio, de um tumulto que estava preparado, ninguém aqueceu sua tão poderosa família exceto Cessair das cinquentas donzelas.

Exceto Bith e Ladru – deixe-nos relatá-lo -Fintan, com a escuridão na terra, nenhum homem a encontrou, o que revelou a
majestosa superioridade da Irlanda, antes da época do Dilúvio.

Depois do Dilúvio do segredo ser mantido por trezentos anos, aquele que o relata, ele que era como uma brilhante coroa para feitos de valor, Partholon filho de Sera, veio.

No entanto cada majestoso salmo, o povo de Partholon o pecador – morta estava toda contagem da sua família, sobre a Antiga Planície, no período de uma semana.

Seis quintos de anos sem crescimento, sem uma guarda, era uma negra obscuridade, Deserto estava cada lado para o orgulhoso mar; Nenhuma pessoa que a tomou salvou Nemed.

Nemed com raiva (?) de todos eles, equipado com correntes e coragem, ele possuiu a terra dos guerreiros dos anfitriões,
depois da destruição de outras companhias.

Ele costumava ter vitórias sem riscos, Nemed, orgulho e inteligência: o filho de Agnomain com soberania, apesar de sua tropa ser fraca, foi soberbo.

Starn, que caiu nas mão de Mac Faebuir, Iarbonel o Profeta, que era jubiloso, Ainnind com correntes de couro, eram os três venenosos chefes de Nemed.

Nemed que os pagou em importância de segurança, foi uma epidemia fatal de fogo por sobre uma maldição de morte; nesse tempo, com um grande barulho apressado, houve uma erupção – quatro lagos.

Loch Munremair, um agradável mar, de amplos sulcos, fúria constante; Loch Dairbrech sobre a barreira de um rei (?) Loch Cal e Loch Ainnind.

Vigorosamente foram cavados por seu anfitrião dois fortes com força e firmeza, Raith Cindeich no qual ele
distribuiu armas, Raith Cimbaeith em Semne.

Limpo por ele, era uma estrada agradável, doze planícies de bom olhar (-prospecto), Mag Cera em Connachta das brumas, Mag Moda e Mag Eba.

O forte Mag Tochair foi limpo, Leemag da grande planície de Muma, Mag Bernsa com o mistério de grandes graças, Mag Cuile Tolad, Mag Lugad.

Mag Sered da drenagem de um rio, Mag Semne da clareza do colorido, Mag Luirg de pequena escuridão do lado, Mag Muirthemne, Mag Macha.

As derrotas – um trabalho recontá-las - na qual ele rompeu contra os guerreiros dos Fomoire de muita agudeza; a batalha do grande Morbole de grande agudeza, a batalha de Badgna, e a batalha de Cnamros.

No território de Liathan by Muma, o senhor escuro do massacre morreu de praga: com a violenta companhia de limpeza de grama em Oilean Arda Nemid.

Eles não estavam em segurança em respeito a opressão –a progênie a qual Nemed fertilizou –nas mão de Conaing
Com corpo duro e nas mãos de More filho de Dela.

Dois terços de suas formosas crianças, não foi generosidade contra a fraqueza militar –um último imposto através de eras do mundo –dois terços de milho e de leite.

Para endurecer Mag Cetna de armas, sobre Eas Ruaid do maravilhoso salmão, isso foi preparado contra ajuda, contra festejo (?) para eles, a cada véspera de Samain.

Semeon filho do alegre Iardan, Fergus puro e generoso,
Um esforço de orgulho, Erglan filho do guerreiro Beoan, eram os três homens livres dos seus anfitriões.

A anfitriã da Irlanda com sua tropa chegou – foram progressos de poder –uma união de guerreiros que tinham sangue por dentro do corpo, indo para o oeste para a captura da torre de Conaing.

A torre de Conaing com a guarda da pilhagem de uma união de crimes de centenas de roubos, uma fortaleza da assembléia da arte da raiva dos Fomoire do mar.

Os homens da Irlanda depois de sua captura, com o grande valor dos percursos adiante deles, destes, notícias de perdas, ninguém escapou exceto trinta das crianças de Nemed.

Eles não estavam em paz em relação a sua herança, anfitrião com grande valor de desespero; dos trinta nobres guerreiros, cada chefe seguiu seu caminho.

Nas terras dos gregos, os remanescentes das tropas seguiram Semeon, foi um caminho de felicidade: com sabedoria sobre a divisão pré-eminente foi Fergus para Moin Conain.

Britan Mael filho do príncipe livre da multidão de trilhas sobre rios, filho de Lethderg vindo de Leemag de onde são os Bretões do mundo.

Bethach sob os passos das formas da fama morreu na Irlanda de acordo com a honestidade: suas dez esposas foram depois dele, desde então, por um espaço de vinte e três anos.

_________________
Três coisas das quais nunca se desviar: seu juramento, seus Deuses, a verdade.
avatar
Solas na Gealaí
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/10/2007
Idade : 38
Localização : RJ/SP

Ver perfil do usuário http://antoileanthiar.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Solas na Gealaí em Qui Out 25, 2007 9:30 pm

Centenas lançaram-se de Semeon, os gregos acharam que eles eram uma numerosa legião: eles não foram aceitos pelos guerreiros mas foram escravizados pelos gregos.

Esta era a ordem dos chefes, carregando sacos arredondados – isso não foi famoso -[de] barro sobre uma montanha rochosa para assim ser uma planície rica em flores e flocos de lã.

Eles partiram sem declarações traidoras pelo furioso mar muito negro, fora do cativeiro de difícil adoção, com navios e com malas.

Estes eram seus nomes de orgulho, dos reis, corajosos, com agilidade, Gann, Genann com escolha de homens de boas divisões, Rudraige, Sengann, Slanga.

A semente do Semeon de uma linha de divisões de lanças, um ato de pura vontade de pureza de proezas; Os Galioin, homens de muito escassas ordens, Os Fir Bolg e os Fir Domnann.

Duzentos anos, não importa quem o relate, depois de Nemed, brilhante suas ações de valor, até os Fir Bolg tomarem a melódica terra da Irlanda, da piscina marítima do oceano.

Seus envios, suas medidas, permaneceram; eles dividiram em cinco, sem religião –sem a caída da sua tribo do lado frágil –agradável Irlanda, de Uisnech.

Deixe-nos adorar ao mais correto Cristo Que possuiu e subjugou os mais fortes dilúvios; dele é o mundo com sua geração, dele é cada território, Dele é a Irlanda.


A captura da torre de Conaing com valor contra Conaing o grande, filho de Faebar: os homens da Irlanda foram até ele, três brilhantes chefes com eles.

Erglan filho de Beoan filho de Starn, Semeon filho do amargurado Iardan, antes do exílio foi o guerreiro das planícies, o filho de Nemed, Fergus Lethderg.

Três conquistaram centenas em brilhante sabedoria sobre a terra e sobre a água, aquela é a contagem dos que vieram de casa, as crianças de Nemed, para a captura.

Torinis, ilha da torre, a fortaleza de Conaing filho de Faebar; pelo próprio Fegus, numa luta de valor, Conaing filho de Faebar caiu.

Mais filhos de Dela foram para lá, para ajudar Conaing: Conaing caiu antes disso, More acreditou nas notícias do sepultamento.

Três conquistaram barcos sobre o mar, foi a contagem com a qual More filho de Dela veio; lá os encontraram antes dele irem para a terra, as crianças de Nemed com poderosa força.

Os homens de toda a batalha na Irlanda, depois da chegada dos Fomoraig, a tempestade marítima afogou a todos, exceto três vezes dez homens

Erglan, Matach, Iartacht o nobre, os três filhos de Beoan filho de Starn, branco seu cinto, Bethach, Britan depois da batalha, Baath o glorioso, e Ibath.

Bechach, Bethach, Bronal, Pal, Goirthigorn, German, Glasa, Ceran, Gobran, Gothiam puro, Gam, Dam, Ding e Deal.

Semeon, Fortecht, brilhante Gosten, Grimaig, Guillius com inteligência, Taman, Turrue, e Glas, Feb, e Feran dos cabelos encaracolados.

Três dezenas de melódicas navegações saíram mais tarde da Irlanda: em três eles fizeram divisões depois da captura da torre de Conaing no oeste.

Um terço de Bethach o vitorioso, harmoniosa fama, de Toirinis para Boinn: foi ele quem morreu em Inis Fail, dois anos depois de Britan.

Um terço de Semeon filho do nobre Erglan foi para Belach Conglais com horror; Um terço de Britan, disse Ua Flaind, daquele lugar para a torre de Conaing.

As crianças de Israel numa jornada naquela época, fora do Egito; e as crianças de Gaedel Glas, estavam numa viagem para Cítia.

Ó Cristo justo, com beleza de aparência, Ó Rei, Divisor do céu do Paraíso, Em Teu paraíso, famoso o local, Ó Rei do mundo, possa tu me escolher!

48. Em relação aos Fir Bolg, eles trouxeram junto consigo cinco chefes, ut dixi supra, a saber, Gann, Genann, Rudraige, Sengann, Slanga: estes eram os fivce filhos de Dela. Suas fivce esposas a seguir, Anust, Liber, Cnucha, Fuat, Etar: [unde dicitur]

Fuat, esposa de Slanga, você não pense que se curvou, Etar esposa de Gann com valor, Anust esposa de Sengann das lanças, Cnucha que era esposa do puro Genann.

Liber esposa do Rudraige da Estrada, uma pessoa doce, que não era estreita: Rudraige, mestre dos truques, eu suponho, Fuat
era sua esposa.

49. Os Fir Bolg se dividiram em três. Com Slanga s. Dela s. Loth seu terço de [terra] em Inber Slaine: seu quinto foi de Inber Colptha para Comar Tri nUisce; uma centena de homens em sua contagem. O segundo terço de terra em Inber Dubglaisi com Gann e Sengann: duas mil eram sua contagem, Gann de Comar Tri nUisce para Belach Conglais, Sengann de Belach Conglais para Luimneach – que é, sobre os dois quintos de Mumu. Genann e Rudraige com um terço do anfitrião, eles desembarcaram em Inber Domnann: [do lugar onde eles eram chamados de Fir Domnann}. Genann era o Rei sobre o quinto de Medb e Ailell; Rudraige sobre o quinto de Conchobor – outras duas mil foram sua contagem. Estes eram os Fir Bolg, os Fir Domnann, e os Gailioin.

Em relação aos Fir Domnann, o riacho tem esse nome por causa deles. Os Fir Bolg – eles foram nomeados por suas malas. Os Gailioin, da multidão de suas lanças foram eles nomeados.

Eles fizeram uma Conquista e um principado, por eles serem em cinco irmãos, os cinco filhos de Dela s. Loth. E em uma semana eles tomaram a Irlanda, [apesar dos dias serem diferentes]. No sábado, nas calendas de Agosto, Slanga desembarcou em Inber Slaine. Na Terça-Feira Gann e Sengann desembarcaram.
Na sexta Genann e Rudraige desembarcaram: e apesar de ter sido uma Conquista, de qualquer forma elas foram qualificadas de forma diferenciada. Os Gaileoin, de Slanga foram eles nomeados. De Gann e Sengann foram os Fir Bolg nomeados. Os Fir Domnann foram nomeados do das profundezas da terra: eles eram Genann e Rudraige com seus seguidores. Todos eles eram chamados de Fir Bolg, e trinta e sete anos foi a duração de seu reinado sobre a Irlanda. Os cinco filhos de Dela eram os cinco reis dos Fir Bolg, i.e., Gann, Genann, Rudraige, Sengann, Slaine.

_________________
Três coisas das quais nunca se desviar: seu juramento, seus Deuses, a verdade.
avatar
Solas na Gealaí
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/10/2007
Idade : 38
Localização : RJ/SP

Ver perfil do usuário http://antoileanthiar.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Solas na Gealaí em Qui Out 25, 2007 9:40 pm

50. [E estes homens, os Fir Bolg, eram a progênie de Dela.] Slanga era o mais velho, s. Dela s. Loth s. Oirthet, s. Tribuat s. Gothorb s. Gosten s. Fortech s. Semeon s. Erglan s. Beoan s. Starn s. Nemed s. Agnomain. Nenhum rei conquistou, quem era chamado "da Irlanda," até os Fir Bolg chegarem.

Nove reis deles conquistaram a Irlanda. Slanga, um ano – foi ele quem morreu pelos Fir Bolg primeiramente na Irlanda. Rudraige, dois anos, até ele morrer em Brug Bratruad. Gann e Genann, quatro anos, até eles morrerem de praga em Fremaind. Sengann, cinco anos, até ele cair pelas mãos de Rindail s. Genann s. Dela. Rindail, seis anos, até ele cair pelas mãos de Fodbgenid s. Sengann s. Dela em Eba Coirpre. Fodbgen, quatro anos, até ele cair em Mag Muirthemne pelas mãos de Eochu s. Rindail s. Genann s. Dela. Eochu filho de Erc, dez anos. Não houve umidade nesta época, salvo somente o orvalho: não houve um ano sem colheita.
Traições foram expulsas da Irlanda nessa época. Por ele foi executada a lei da justiça na Irlanda pela primeira vez. Eochu filho de Erc caiu pelas mãos de três filhos de Nemed s. Badra: ele foi o primeiro rei da Irlanda que recebeu sua ferida mortal na Irlanda. [Unde Colum Cille cecinit "Dean moresnis a mic,"etc.]

51. Os Fir Bolg deram a eles [os Tuatha De Danann] uma batalha sobre Mag Tuired; eles ficaram por um longo tempo travando aquela batalha. Finalmente isso caiu contra os Fir Bolg, e o massacre pressionado ao norte, e uma centena de milhares deles foram assassinados ao oeste para a costa de Eochaill. O rei Eochu havia sido atacado repentinamente, e ele caiu nas mãos dos três filhos de Nemed. Ainda os Tuatha De Danann sofreram grande perda na batalha, e eles deixaram o rei no campo, com seu braço cortado dele; as sanguessugas levaram sete anos o curando. Os Fir Bolg cairam naquela batalha, todos menos uns poucos, e eles saíram da Irlanda fugindo dos Tuatha De Danann, para Ara, e Ile, e Rachra e outras ilhas ao redor. [foram eles quem guiaram os Fomoraig para a segunda batalha de Mag Tuired]. E eles estavam em [naquelas ilhas] até a hora dos provincianos da Irlanda, até o Cruithne expulsá-los. Eles foram para Cairbre Nia Fer, e ele os deu terras; mas eles não eram aptos a ficar com ele pelo peso do imposto que ele impôs a eles. Desde então eles foram em fuga à frente de Cairbre sobre a proteção de Meldb e Ailill, e estes os deram terras. Estes são os desvios dos filhos de Umor. [Oengus filho de Umor foi rei deles no leste], e deles vieram os nomes desses lugares, Loch CIme de Cime Quatro-cabeças filho de Umor, O Ponto de Taman em Medraige vindo de Taman filho de Umor, o Forte de Oengus em Ara vindo de Oengus, a Pilha de pedra de Conall em Aidne vindo de Conall, Mag Adair vindo de Adar, Mag Asail vindo de Asal em Mumu também. Menn filho de Umor era o poeta. Eles estavam na fortaleza e nas ilhas do mar em torno da Irlanda naquele modo, até Cu Chulaind subjuga-los.

52. Aqueles eram os reis dos Fir Bolg e suas mortes; unde poeta
cecinit


Os Fir Bolg estavam aqui para uma temporada na grande ilha dos filhos de Mil; os cinco chefes que eles trouxeram com eles daquela direção, eu sei seus nomes.

Um ano teve Slanga, isso é verdade, até ele morrer em sua boa colina; o primeiro homem dos Fir bolg dos picos que morreu na ilha da Irlanda.

Dois anos de Rudraige o Vermelho, até ele morrer em Brug Brat-ruaid, quatro de Genann e de Gann, até a praga tê-los matado em Fremaind.

Cinco anos de Sengann – eles estavam tranquilos -até Fiachu filho de Starn matá-los; cinco outros – através de batalha
-Fiachu Cendfhindan foi rei.

Fiachu Cendfhindan antes de tudo, seu nome perdura para sempre; grisalhas todas, sem exceção, eram as vacas da Irlanda em sua presença.

Até ele cair pelas mãos do vermelho Rindail, ele conseguiu seis [anos] como seu anfitrião livre; O neto de Dela caiu então em Eba, pelas mãos de Odbgen.

Quatro para o nobre Odbgen até a batalha de Murthemne dos nobres: Odbgen morreu sem censura pelas mãos do filho de Erc, do grande Eochu.

Dez anos para Eochu filho de Erc, ele não encontrou limite- linha de fraqueza: até eles o assassinarem no campo de batalha, os três filhos de Nemed filho de Badra.

Até Rinnal crescer, não houve nenhum ponto sob alguma arma na Irlanda; sob difíceis lanças não houve cobertura justa, a não ser pela existência de suas apressadas varas.

No tempo de Fodbgen desde então apareceram os nós nas árvores: as árvores da Irlanda abaixo até então eram lisas e muito retas.

Os agradáveis Tuatha De Danann trouxeram lanças em suas mãos: com elas Eochu foi assassinado, pela semente de Nemed do forte julgamento.

Os nomes de três excelentes filhos de Nemed eram
Cessarb, Luam, e Luachra: foram eles que mataram o primeiro rei com uma ponta, Eochu filho de Erc, na Irlanda.

Desde então os Tuatha De lutaram pelos Fir Bolg, foi um aparecimento difícil. Eles tiraram seus bens e seu reino dos Homens.

53. Fintan cecinit da divisão das Províncias -

As cinco partes da Irlanda entre o mar e a terra, eu solicito as justas velas de cada província entre elas.

De Drobais rápida e feroz, é a primeira sagrada divisão para o Boyne branco e vasto sul do branco Bairche.

Do Boyne, melódica e brancamente brilhando com centenas de abrigos, para o Encontro com som de ondas reunidas das Três Águas geladas.

Daquele mesmo Encontro com habilidade ..... De Bel do bravo Cu que é chamado 'glas.'

De Lumnech de grandes navios –ampla sua superfície – Para Drobais multidões armadas, puro, no qual um mar riu.

Entendida fraqueza, caminhos são relatados, perfeição para a correção em direção a uma estrada dentro de cinco.

Os pontos destas províncias para Uisnech elas levavam,
Cada uma delas fora de suas .... ..... até serem cinco.


A progênie de Semeon eram todos de Gaileoin e Fir Domnann. Trinta anos depois de Genann e Rudraige, os Tuatha De Danann vieram para a Irlanda.

54. Desde então a progênie de Bethach s. Iarbonel o Profeta s. Nemed estava nas ilhas ao norte do mundo, aprendendo o druidismo, conhecimento e profecia e mágica, até eles serem peritos nas artes das habilidades pagãs.

55. Eram eles então os Tuatha De Danann que foram para a Irlanda. Em sabedoria eles foram, em nuvens escuras. Eles desembarcaram nas montanhas de Conmaicne Rein em Connachta; e eles trouxeram a escuridão por sobre o sol por três dias e três noites.

56. Eles exigiram batalha pela realeza dos Fir Bolg. Uma batalha foi lutada entre eles, a saber a primeira batalha de Mag Tuired, na qual centena de milhares de Fir Bolg caíram. Desde então eles [os TDD] conquistaram a realeza da Irlanda. Aqueles eram os Tuatha De – deuses eram seus homens das artes, não-deuses seus lavradores. Eles conheciam as encantações dos druidas, e seus cocheiros, e amarradores de laços, e seus copeiros.

57. Foram os Tuatha De Danann que trouxeram com eles a Grande Fal, [ou seja, a Pedra do Conhecimento], a qual está em Temair, de onde a Irlanda sustenta o nome de “A Planície de Fal." Ela deveria gritar sob quem seria o Rei da Irlanda; até Cu Chulainn golpeá-la, por ela não ter gritado sob ele nem sob seu filho, Lugaid, filho dos três Finds de Emain. E depois disso a pedra não gritou nenhuma vez salvo sob Conn de Temair. Então seu coração saltou fora de lá [de Temair] para Tailltin,
então o que está lá é o Coração de Fal.. Não foi o acaso o que o causou, mas o nascimento de Cristo, que foi o que quebrou o dever para com os ídolos.

58. Então Nuadu Airgetlam foi rei dos Tuatha De Danann por sete anos antes deles irem para a Irlanda, até seu braço ser cortado fora na primeira batalha de Mag Tuired. Eidleo s. Alldai, ele foi o primeiro homem dos Tuatha De Danann que caiu na Irlanda, pelas mãos de Nercon ua Semeoin, na primeira batalha de Mag Tuired. Ernmas, e Echtach, e Etargal, e Fiachra, e Tuirill Piccreo caíram na mesma batalha. Bress s. Elada conquistou o posto de realeza da Irlanda, até o fim de sete anos, até o braço de Nuadu estar curado: um braço de prata com atividade em cada dedo e cada junta o qual Dian Cecht colocou nele, Credne o ajudou.

_________________
Três coisas das quais nunca se desviar: seu juramento, seus Deuses, a verdade.
avatar
Solas na Gealaí
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/10/2007
Idade : 38
Localização : RJ/SP

Ver perfil do usuário http://antoileanthiar.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Solas na Gealaí em Qui Out 25, 2007 9:49 pm

59. Tailltiu filha de Mag Mor rei da Espanha, rainha dos Fir Bolg, veio depois que o massacre foi infligido por sobre os Fir Bolg naquela primeira batalha de Mag Tuired para Coill Cuan: e a madeira foi cortada tão baixo por ela, que se tornou uma planície sob trevos antes do fim de um ano. Isso foi Tailtiu que era esposa de Eochu filho de Erc rei da Irlanda até os Tuatha De Danann o matarem, ut praediximus: foi ele que a tomou de seu pai, da Espanha; e foi ela quem dormiu com Eochu Garb filho de Dui Dall dos Tuatha De Danann; e Cian filho de Dian Cecht, de quem outro nome era Scal Balb, deu seu filho para adoção, chamado Lug, de quem a mãe foi Eithne filha de Balar. Então Tailltiu morreu em Tailltiu, e seu nome se partiu por isso e seu túmulo vem do Assento de Tailltiu no nordeste. Seus jogos eram realizados todo ano e seu canto de lamentação, por Lug. Com gessa e façanhas de braços eles realizavam, uma quinzena antes de Lugnasad e uma quinzena depois: under dicitur Lugnasad, ou seja, a celebração (?) ou o festival de Lug.
Unde Oengus post multum tempus dicebat, "a plantação de Lug, ou a plantação de Beoan [filho] de Mellan."

60. Retornando aos Tuatha De Danann. Nuadu Airgatlam caiu na última batalha de Mag Tuired, e Macha filha de Ernmas, nas mãos de Balar o poderoso destruidor. Naquela batalha caíram Ogma s. Elada pelas mãos de Indech filho de De Dmnann, rei dos Fomoire. Bruidne e Casmael caíram pelas mãos de Ochtriallach s. Indech. Depois da morte de Nuadu e daqueles homens, Lug tomou a realeza da Irlanda, e seu avô Balar o poderoso destruidor caiu por suas mãos, com uma pedra de seu estilingue. Lug esteve por quarenta anos na realeza da Irlanda depois da última batalha de Mag Tuired, e foram vinte e sete anos entre as batalhas.


61, Então Eochu Ollathair, o grande Dagda, filho de Elada, ficou por oitenta anos com a coroa da Irlanda. Seus três filhos eram Oengus e Aed e Cermat Coem; os três filhos de Dian Cecht, Cu e Cethen e Cian.

62. Dian Cecht tinha três filhos, Cu, Cehten e Cian. Miach era o quarto filho apesar dele não reconhecê-lo. Sua filha era Etan a Poetisa, e Airmed a curandeira era a outra filha: e Coirpre, filho de Etan era o poeta. Crichinbel e Bruidne e Casmael eram os três satíricos. Be Chuille e Dianann eram as duas fazendeiras.

Os três filhos de Cermad filho de O Dagda eram Mac Cuill, Mac Cecht, Mac Griene: Sethor e Tethor e Cethor eram seus nomes. Fotla e Banba e Eriu eram suas três esposas.

Fea e Nemaind eram as duas esposas de Net, a quo Ailech Neit.

Flidais, de quem é o "Gado de Flidais"; suas quatro filhas eram Argoen e Be Chuille e Dinand e Be Theite.

Os dois bois reais eram Fea e Femen, de quem era a Planície de Fea e a Planície de Femen. Aqueles eram dois bois fiéis.

Torc Triath era o rei dos porcos, de quem era Mag Treitherne. Cirba era rei dos carneiros, de quem era Mag Cirba. Math filho de Umor
Era o druida.

Badb e Macha e Anand, de quem eram as Tetas de Anu en Luachar
Eram as três filhas de Ernmas a fazendeira.

Goibniu o ferreiro, Luicne o carpinteiro, Creidne o obreiro, Dian Cecht o curandeiro.

63, Delbaeth depois de O Dagda, dez anos no reinado da Irlanda, até ele cair, com seu filho, pelas mãos de Caicher s. Nama, frater de Nechtan. Fiacha s. Delbaeth tomou o reinado da Irlanda depois de seu pai, outros dez anos, até ele cair, junto com Ai s. Ollom, pelas mãos de Eogan Inbir. Vinte e nove anos tinham os netos de O Dagda no reinado da Irlanda, a saber Mac Cuill, Mac Cecht, e Mac Greiene: eles dividiram a Irlanda em três partes. Para eles veio o Gaedil para a Irlanda, assim eles caíram pelas mãos dos três filhos de Mil, vingando Ith, Cuailnge, e Fust, dos três filhos de Breogan.

64, Nuadu Airgetlam s. Echtach s. Etarlam s. Ordam s. Aldui s. Tat s. Tavarn s. Enda s. Baath s. Ebath s. Bethach s. Iarbonel s. Nemed s. Agnomain s. Pamp s. Tat s. Sera s. Sru s. Esru s. Braimend s. Rathacht s. Magoth s. Iafeth s. Noe.

Neit s. Indui s. Alldui s. Tat

Fiachna s. Delbaeth s. Ogma s. Elada s. Delbaeth s. Net

Ai s. Ollam s. Delbaeth s. Ogma s. Elada.

Lug s. Cian s. Dian Cecht s. Esarg s. Net s. Indui s. Alldui, ele foi o primeiro a trazer o jogo de xadrez e o jogo de bola e a corrida de cavalos e reuniões para a Irlanda, unde quidam cecinit


Lug filho de Ethliu, um penhasco sem nenhuma dobra, com ele veio uma grande assembléia: depois da vinda de Cristo, não foi uma ociosa proclamação Conchobar o sábio e violento morreu.

Caicher e Nechtan, os dois filhos de Nama s. eochu Garb s. Dui Temen s. Bres s. Delbaeth s. Net.

Siugmall s. Corpre Crom s. Eremair s. Delbaeth s. Ogma.
Oengus mac Oc e Aed Caem e Cermait Milbel, aqueles eram os três filhos de Dagda.

Corpre o poeta s. Tuar s. Tuirell s. Cait Conaichend s. Orda s. Alldui s. Tat


Galia s. Oirbsen s. Elloth s. Elada s. Delbaeth s. Net

Orbsen era o nome de Manannan no começo, e dele veio o nome do Loch Orbsen em Connachta. Quando Manannan estava sendo enterrado, então um lago explodiu pela terra, [através do enterro].

Os seis filhos de Delbaeth s. Ogma s. Elada s. Delbaeth s. Net, eram Fiachra, Ollam, Indui, Brian, Iucharba, Iuchar. Donann a filha do mesmo Delbaeth era mãe dos três últimos, Brian, Iucharba e Iuchar. Estes eram os três Deuses de Danu, de quem foi nomeada a Montanha dos Três Deuses. E então Delbaeth teve o nome Tuirell Bicreo.

Tuirill s. Cait além disso era o avô de Corpre o poeta, e Etan d. Dian Cecht era filho daquele Tuirill.

Os três filhos de Cermait, além disso, ut diximus; Mac Cuill - Sethor, a avelã seu deus; Mac Cecht - Tethor, a relha do arado seu Deus; Mac Greine - Cethor, o sol seu deus. Fotla era esposa de Mac Cecht, Banba de Mac Cuill, Eriu de Mac Greine. Aquelas eram as três filhas de Fiachna filho de Delbaeth. Ernmas filha de Etarlam s. Nuada Airgetlam era mãe daquelas três mulheres, e mãe de Fiachna e Ollom.

Ernmas tinha outras três filhas, Badb e Macha e Morrigu,
De quem o nome era Anand. Seus três filhos eram Glon e Gaim e Coscar.

Boind filha de Delbaeth s. elada.

Fea e Neman, as duas esposas de Net s. Indiu, duas filhas de Elemar de Brug.

Uillend s. Caicher s. Nuadu Airgetlam.

Bodb do Monte de Femen, s. Eochu Gab s. Dui Temen s. Bres s.
Elada s. Delbaeth s. Net.

Abean s. Bec-Felmas s. Cu s. Dian Cecht, o poeta de Lug.

En s. Bec-En s. Satharn s. Edleo s. Alda s. Tat s. Taburn.

Em Tat s. Tabourn a escolha dos Tuatha De Danann unidos. Disso o hitoriador cantou -

Irlanda com orgulho, com armas, tropas espalhadas por toda a sua planície antiga, para o oeste para o pôr do sol estavam eles saqueadores, seus chefes de destruição em volta de Temair.


Trinta anos depois de Genand a tropa de duendes tomou a fértil terra; um golpe para o conquistado Povo das Malas foi a visita dos Tuatha De Danann.

_________________
Três coisas das quais nunca se desviar: seu juramento, seus Deuses, a verdade.
avatar
Solas na Gealaí
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/10/2007
Idade : 38
Localização : RJ/SP

Ver perfil do usuário http://antoileanthiar.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Solas na Gealaí em Qui Out 25, 2007 10:18 pm

Foi Deus que os fez sofrer, apesar Dele os ter reprimido –eles desembarcaram com horror, com grande feito, em sua novem de poderoso combate de espectros, sobre uma montanha de Conmaicne de Connacht.

Sem distinção para discernir a Irlanda, sem navios, num curso cruel a verdade não foi conhecida por sob o céu das estrelas, se eles estavam no céu ou na terra.

Se fossem demônios diabólicos a agitada expedição negra-oculta, soou com ordem, com tropas: se de homens, foi a prole de Bethach.

Dos homens pertencentes a lei (está) o nascido-verde que tinha a forte semente: Bethach, um rápido guerreiro da ilha (?) filho de Iarbonel filho de Nemed.

Eles não juntaram assembléia ou justiça sobre o lugar de Fal para o pôr-do-sol: havia fogo e luta finalmente em Mag Tuired.

Os Tuatha De, foi a cama de um poderoso, em torno do povo das Malas lutou pela realeza: em sua batalha com abundância de orgulho, tropas de centenas de milhares morreram.

Os filhos de Elada, glória de armas, um conquistador de divisão contra um homem de roubo: Bres vindo de Brug de Banba do sábio discurso, Dagda, Delbaeth, e Ogma.

Eriu, apesar de alcançar uma estrada sem saída, Banba, Fotla, e Fea, Neman dos engenhosos versículo, Danann, Mãe dos Deuses.

Badb e Macha, grandeza de riqueza, Morrigu – fontes de astúcia, origem da amargura lutando estavam as três filhas de Ernmas.

Goibniu que não estava impotente em fundir, Luichtne, o livre obreiro Creidne, Dian Cecht, por ir em caminhos de grande cura, Mac ind Oc, Lug filho de Ethliu.

Cridinbel, famoso Bruinde, Be Chuille, formoso Danand,
Casmael com bardismo de perfeição, Coirpre filho de Etan, e Etan.


Os netos do Dagda, que tinha uma tripla divisão (?) dividiu Banba da trompa de chifre; deixe-nos contar dos príncipes de excelente hospitalidade, os três filhos de Cermat de Cualu.

Apesar da Irlanda estar com multidão de milhares eles dividiram a sua terra em três partes: grandes chefes de orgulhosas proezas, Mac Cuill, Mac Cecht, Mac Greine.

Ele os varreu da terra deles, fez o Filho de Deus, da planície real onde eu faço um manifesto: por todo o valor de suas ações, de sua clara divisão, suas sementes não então sobre a Irlanda.

Foi Eochu sem encantamentos de saltos que formou a distinção de seus bons quartetos; mas conhecimento dos guerreiros quando ele o relata, apesar dele os enumerar, ele não os adora.

Adore tu o nome do Rei que te avaliou, quem distribiu cada verdade que ele (Eochu) narra: quem tinha lançado cada tempestade a qual esperávamos, quem tinha moldado a agradável terra da Irlanda.



Tanaide cecinit

Os Tuatha De Danann sob escuridão, um povo sem uma declaração de religião; madeira jovem que não foi murchada, povo do sangue da carne de Adão.

Nobres daqueles do povo forte, povo do contraído, deixe-nos relatar, no curso no qual estamos, seus períodos de seu reinado.

Um espaço de sete anos o que Nuadu grandioso nobre sobre a bela cabeluda companhia, a regra do homem do peito grande, da cor do linho nomeado, antes de sua chegada na Irlanda.

Em Mag Tuired, pesado com maldição, onde caiu um campeão de batalha, vindo do branco defensor do mundo –seu braço de principado foi cortado fora

Sete anos de Bres, o que não foi um espaço em branco, através do sua honrada canche para a música do abade, no principado sobre a planície, generoso em poucas coisas, até o braço de Nuadu ser curado.


Nuadu depois desses vinte anos, ele trouxe o povo das fadas, uma tropa - até Lug a lança destruidora ser feito rei – o de várias-artes que não esfria.


Quarenta para Lug – foi equilibrado –no reinado sobre o Palácio de Banba; ele não alcançou cama celestial de inocência; oitenta para O Dagda.

Dez anos para o veemente Delbaeth até alguém sabio em direção e real (?) chegar, imperfeito sobre a extremidade do oceano – dez outros para Fiachna.

Vinte e nove anos, Eu o proclamei, sobre cada terra em paz da Irlanda, no reinado de Banba duradouramente grande tinham os netos de O Dagda dotados em denseng.

Depois disso os filhos de Mil vieram, eles chegaram para enrubescê-los -crianças do grande herói que saiu repentinamente da Espanha sem ficar mais frio.

Até o cheio de proezas Gaedil tê-los ferido, sem nenhuma tropa, através da perspicácia deles, não é um problema de invenção ou de tolice que pequena era a fraqueza dos Tuatha.

Fland Mainstrech cecinit


Escutem, vós sábios sem tristeza, se seria seu desejo que eu relate as mortes que ali se encontram, com astúcia, de escolha dos Tuatha De Danann.

Edleo filho de Alldai que ali se encontra, o primeiro homem dos Tuatha De Danann que caiu na virgem Irlanda, pelas mãos de Nerchon neto de Semeon.

Ernams, grande o valor dela, caiu, Fiachra, Echtach, Etargal, Tuirill Picreo de Baile Breg na primeira batalha de Mag Tuired.

Elloth em batalha caiu –o pai, grande e áspero, de Manannan –e o perfeito e honrado Donand, nas mãos de De Domnand dos Fomoraig.

Cethen de Cu morreu em horror na Aircheltra; Cian longe de sua casa o fez Brian, Iucharba dn Iuchar assassinou.

De uma pancada do puro sol morreu Cairpre o grande, filho de Etan: Etan morreu sobre a piscina de tristeza pelo grisalho Cairpre.

Em Mag Tuired, foi através de batalha que Nuadu Airgetlam caiu: e Macha – isso foi depois de Samain –pela mão de Balar O forte destruidor.

Ogma caiu, sem ser fraco pelas mãos de Indech filho de De Domnann: enfrentando Casmael o bom caiu pelas mãos de Oichtriallach filho de Indech.

Agora de dolorosa praga morre Dian Cecht e Goibnenn ferreiro: Liughne o obreiro caiu junto com eles por um forte e ardente dardo.

Creidne o agradável artesão foi afogado no lago-mar, o lago sinsitro, enviando tesouros de nobre ouro para a Irlanda da Espanha.

Bress morreu em Carn ui Neit pela traição de Lug, sem satisfação ou falsidade: para ele era motivo de desavença sem dúvida beber coisa do pântano com aparência de leite.

De Chuille e a fiel Dianann, as duas fazendeiras morreram, numa manhã com magia druídica, finalmente, por demônios cinzas do ar.

Ele caiu na margem da praia à leste nas trincheiras de Rath Ailig, Did Indui o grande, filho do agradável Delbaith, nas mãos de Gann, o de punho branco de brava juventude.

_________________
Três coisas das quais nunca se desviar: seu juramento, seus Deuses, a verdade.
avatar
Solas na Gealaí
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/10/2007
Idade : 38
Localização : RJ/SP

Ver perfil do usuário http://antoileanthiar.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Solas na Gealaí em Qui Out 25, 2007 10:23 pm

Fea, duradoura foi sua fama, morreu no fim de um mês depois de seu assassinato no mesmo forte – nós achamos apropriado -
Por arrependimento do Indui o de cabelo branco.

Boind morreu num combate na inesgotável fonte do filho do nobre Nechtan: Aine filha de O Dagda morreu pelo amor que ela deu para Banba.

Cairpre caiu – lembre-se vós! Pelas mãos de Nechtan filho de Nama: Nechtan caiu pelo veneno pelas mãos de Sigmall, neto de Free Midir.

Abean filho do frio Bic-felmais, o bardo de Lug com vitória completa, ele caiu pela mão de Oengus sem censura na frente de Midir de poderosos feitos.

Midir filho de Indui naquela direção caiu pela mão de Elemar: caiu Elemar, merecedor da luta, pelas mãos de Oengus o perfeito.

Brian, Iucharba, e Iuchar lá, os três Deuses dos Tuatha De Danann foram assassinados em Mana sobre o mar brilhante pela mão de Lug filho de Ethliu.

Cermait filho do divino o Dagda Lug ... (?) o machucou, isso foi um sofrimento de pesar sobre a planície no reino de Eochu Ollathair.

Cermat Milbel o poderoso caiu pelas mãos do duro Lug
Filho de Ethliu, com ciúmes de sua esposa, grande a forma, em se tratando de quem o druida mentiu para ele.

Pela mão de Mac Cecht sem afeição o harpista caiu: além disso Lug caiu sonre a onda, pela mão de Mac Cuill filho de Cermat.

Aed filho de O Dagda caiu pelas mãos de Corrchend o justo, de valor igual; sem engano, foi um desejo severo, depois dele ter deixado sua esposa injustamente.

Corrcend de Cruach caiu –o duro e rápido campeão, pela pedra que ele levantou na margem sobre o túmulo do envergonhado Aed.

Cridinbel agachado e curvado caiu –o chefe dos feiticeiros dos Tuatha De Danann –pelo ouro que ele encontrou no ocioso Bann, pela mão de O Dagda, neto de Delbaeth.

Conforme ele veio da fria Alba ele, o filho de O Dagda de forma vermelha, na saída do Boinn, aqui, estava Oengus afogado.

O único filho de Manannan vindo da baía, o primeiro amor da velha mulher, o frágil jovem caiu na planície pelas mãos do Ocioso Bennan, na planície de Breg.

Net filho de Indui e suas duas esposas, Badb e Neman
Sem engano, foram escravizados em Ailech sem vergonha por Nemtuir o Vermelho, dos Fomoraig.

Fuamnach a branca (?) que foi esposa de Midir, Sigmall e Bri sem culpa, In Bri Leith, que eram cheio de vigor, eles foram queimados por Manannan.

O filho de Allot caiu, com valor, o tesouro rico,
Manannan, na batalha no cruel Cuillend pela mão de Uillend da sobrancelha vermelha.

Uillend com orgulho caiu pelas mãos de Mac Greine com pura vitória: a esposa do Dagda marrom morreu da praga do declínio em Liathdruim.

O Dagda foi morto por uma flecha pontiaguda em Brug – não é falso –com o que a mulher Cethlenn fez um ferimento mortal, na grande batalha de Mag Tuired.

Delbaeth e seu filho caíram pelas mãos de Caicher, o nobre filho de Nama: Caicher caiu no ocioso Boinn, nas mãos de Fiachna filho de Delbaeth.

Fiacha e o nobre Ai caíram perante o som de Eogan do Riacho: Eogan do frio riacho caiu perante Eochaid o inteligente, duro como ferro.

Eochaid do conhecimento caiu depois de então pelas mãos de Ed e de Labraid: Labraid, Oengus, Aed, caíram pelas mãos de Cermat da forma toda bela.

Eriu e Fotla com orgulho, Mac Greine e Banba com vitória, Mac Cuill, Mac Cecht com pureza na batalha de Temair da onda transparente.

Mac Cecht pelas mãos do nobre Eremon: Mac Cuill, do perfeito Eber: Eriu mais adiante, pelas mãos de Suirge depois disso: Mac Greine de Amorgen.

Fotla pelas mãos de Etan com orgulho, of Caicher, Banba com vitória, emqualquer lugar onde eles dormem, estas são as mortes dos guerreiros; escutes vós.



Aquelas são as aventuras dos Tuatha De Danann.

_________________
Três coisas das quais nunca se desviar: seu juramento, seus Deuses, a verdade.
avatar
Solas na Gealaí
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/10/2007
Idade : 38
Localização : RJ/SP

Ver perfil do usuário http://antoileanthiar.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Solas na Gealaí em Qui Out 25, 2007 10:30 pm

[Eu não consegui localizer a redação R1 da seção final do Lebor Gabala Erren como publicado pela Irish Texts Society. O seguinte tratado é mais uma redação feita por O'Clery – mas conta o final do conto, nos quais os Filhos de Mil navegam para a Irlanda, conquistam os Tuatha de Danann e dividem a terra entre si próprios.]




Depois da morte de Mil, como dissemos, Emer Donn e Eremon,
Seus dois filhos, tomaram o poder e a chefia do governo da Espanha entre eles.

Estava o irmão do pai de Mil, Ith filho de Bregan, com eles; Ele era um especialista completo no conhecimento e aprendizado. Uma vez quando Ith, de um entardecer claro de inverno estava no topo da Torre de Bregan, contemplando e examinando os quatro cantos do mundo, parecia a ele que ele viu uma sombra e semelhança de uma terra e uma grande ilha longe dele. Me voltou-se para seus irmãos, e contou a eles o que havia visto; e disse que ele estava atento e desejoso de ir ver a terra que havia aparecido para ele. Breg filho de Bregan disse que a terra que ele havia visto não era nada a não ser nuvens do céu, e que ele estava atrapalhando Ith de ir naquela expedição. Ith não consentiu em ficar, de qualquer maneira.

Então Ith levou seu barco para o mar, e veio ele próprio com seu filho Lugaid filho de Ith, e outros de seu povo no barco. Eles navegaram em direção à Irlanda, e suas aventuras no mar não são relatadas, salvando uma que eles se refugiaram em Bentracht de Mag Itha. Os vizinhos foram para a costa para entrevistá-los, e cada um deles disseram novidades para os outros na Língua Irlandesa. Ith perguntou a eles o nome da terra na qual ele havia chegado, e quem a governava. "Inis Elga," eles disseram; "Mac Cuill, Mac Cecht, e Mac Greine são os nomes dos seus reis".

Acontece que naquele dia haviam vários chefes e nobres da Irlanda em Ailech Neid, se “pacificando” entre Mac Cuill e seus irmãos; pos eles disseram que ele tinha um excesso de mercadorias do Fiachna filho de Delbaeth, que havia morrido anteriormente. Quando Ith escutou isso, ele foi com seu filho e com um terço de seu povo para Ailech. Os reis o saudaram quando ele alcançou a assembléia, e depois que ele estava um tempo entre eles, eles contaram a ele a importância sobre a qual eles estavam em oposição e contenção entre eles. E ele disse à eles:

"Faça somente o justo. É apropriado a vocês manter uma boa irmandade. É certo para vocês terem uma boa disposição. Boa é a terra e o patrimônio que vocês habitam; abundante sua colheita, seu mel, seu peixe, seu trigo, e seus outros grãos. Moderado seu calor e seu frio. Tudo que é suficiente para vocês está nela." Então ele se despediu deles e voltou para seu navio.

Os nobres conspiraram em matá-lo, em ciúmes pela Irlanda, e pelo testimonio de louvor que ele deu à sua ilha; e eles mandaram um grande número segui-lo, de modo que ele estava ferido de morte em Mag Itha, e dele a planície tomou seu nome. Ele alcançou seu barco ferido e sangrando, pelo valor e coragem de seu povo; e ele morreu com eles em seu barco no mar.

Então eles alcançaram a Espanha e mostraram o corpo de Ith para seus irmãos, e eles ficaram angustiados e pesarosos perante a morte dele assim. Então os filhos de Mil e a posterioridade dos Gaedel em geral
pensaram que seria adequado e justo para eles irem e vingarem seu irmão nos Tuatha De Danann. Eles decidiram isso por fim:
eles juntariam seus guerreiros e seus homens de valor de cada lugar que eles estivessem, através das terras e dos distritos, até eles estarem em um lugar em Brigantia, numerosos e completamente reunidos. Então os filhos de Mil, com seus irmãos e parentes de sangue, e seu povo em geral, levaram seus navios para o mar rumo a Irlanda para vingar sua má-vinda aos Tuatha De Dannann.
Três pontos (?) e cinco navios eram os números da expedição;
Quarenta chefes os números de seus líderes, com Donn filho de Mil os encabeçando. Estes são os nomes de seus chefes.

Emer Donn ,Eremon,Eber Finn, Ir, Amergin, Colptha, Airech Febra,
Erannan, Muimne, Luigne, Laigne, Palap, Er. Orba, Feron, Fergin,
Eber filho de Ir, Brega, Cuala, Cooley, Blad, Fuad, Buirthemne,
Eblinne, Nar, Lugaid, Lui, Bile, Buas, Bres, Buaigne, Fulman,mantan,
Caicer, Suirge, En, Un, Etan, Sobairce, Sedga, Goisten.

Para celebrar os nomes daqueles chefes e líderes, isto foi dito; Flann Mainistrech (Poeta morto em A.D.1056) o compôs:

Os chefes da viagem por sobre o mar
Pela qual os filhos de Mil vieram,
Eu tenho em memória durante minha vida,
Seus nomes sem mentira.
Donn Eremon, nobre Emer,
Ir, Amergin sem [predileção,
Colptha, Airech, Febra o perspicaz,
Erannan, Muimme gentil e silencioso.
Luigne, Laigne, Palap o sortudo,
Er. Orba Feron, Fergin,
Eber filho de Ir. Brega, Eu devo dizer,
Cuala, Cualgne, Blad duro e forte.
Fuad e Muirthemne com fama,
Eblinne, Nar, Buas com batalha,
Bres, Buaigne, e Fulman.
Mantan, Caicer, frágil Suirge,
En, Un e rigido Etan,
Sobairce, Sedga das lanças,
E Goisten o campeão.
A conquistada e nobre Irlanda
Contra os Tuatha De de grande mágica,
Em vingança por Ith dos cavalos-
Trinta, dez, e um chefe.

Em relação aos filhos de Mil, eles navegaram em uma grande espedição
No mar para a Irlanda, e não pararam no curso até eles
verem do mar à distância a ilha. E quando eles viram a Irlanda, seus guerreiros fizeram uma disputa de remo e navegação até suas capacidades máximas em seu ímpeto e ânsia de alcançá-la; foi então que Ir filho de Mil avançou uma onda antes de cada outro navio por causa de sua força e valor. Então Eber Donn filho de Mil, o mais velho deles, ficou com inveja e disse:

Não é boa proeza
Ir antes de Ith prosseguir-

Isso foi antes de Lugaid filho de Ith, pois Lugaid tinha o nome de
Ith. Então o remo que estava na mão de Ir quebrou, então assim Ir
Caiu de costas acima do banco do remador e quebrou sua coluna lá. Ele morreu na noite seguinte, e eles preservaram seu corpo o tempo que eles estiveram no mar, e o enterraram mais tarde em Scellic do
Irras Desceirt de Corco Dibne. Pesaroso estavam Eremon, Eber Finn
e Amergin pela morte de seu irmão; e eles disseram, como se tivesse saído de uma só boca, que era certo que Eber Donn não deveria desfrutar da terra sobre a qual ele tinha inveja de seu irmão, que era de Ir.

Os filhos de Mil avançaram para um ancoradouro em Inber Stainge. Os
Tuatha De Danann não permitiram que eles fossem para a terra lá,
Pois eles não tinham feito nenhuma negociação com eles. Por sua “mágica druídica” eles fizeram parecer aos filhos de Mil que a região não era país ou ilha, território ou terra de jeito nenhum, na frente deles. Eles circularam a Irlanda por três vezes, até eles tomarem refúgio em Inber Scene; uma Quinta-feira em respeito ao dia da semana,
No dia antes do dia primeiro de Maio, o décimo sétimo dia da lua; o Ano do Mundo de 3500.

Então eles chegaram no final de três dias desde então em Sliab
Mis. Banba os encontrou em Sliab Mis, com os anfitriões do druidismo e
conhecimento. Amergin perguntou seu nome. " Banba," disse ela,
"e é do meu nome que Banba é dado como nome para este país." E ela pediu uma súplica deles, que seu nome deve se manter sempre na terra. Isso foi concedido à ela.

Então eles conversaram com Fodla em Eblinne, e o poeta
Amergin perguntou seu nome da mesma maneira. "Fodla,"
Disse ela, "e de mim é a terra nomeada." E ela pediu que seu nome devesse se manter nela, e isso foi cedido à ela conforme pedido. Eles conversaram com Eriu em Usnech de Mide. Ela disse à eles, "Guerreiros," disse ela, "Sejam bem-vindos. Já faz tempo que sua vinda foi profetizada. Sua sera a terra para sempre. Não há melhor ilha no mundo. Nenhuma raça sera mais perfeita que a sua raça."

"Isso é bom," disse Anergin,

"Não à ela nós agradecemos a isso," disse Donn,
"mas aos nossos deuses e nosso poder."

"É a destruição para vós," disse Eriu; "vós não deveis ter ganhos nesta terra nem irão vossas crianças. Um presente para mim,
O filhos de Mil e crianças de Bregan, que meu nome desa estar por sobre estar terra!"

"Será seu nome principal para sempre," disse Amergin,
"nomeada Eriu(Erin)."

_________________
Três coisas das quais nunca se desviar: seu juramento, seus Deuses, a verdade.
avatar
Solas na Gealaí
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/10/2007
Idade : 38
Localização : RJ/SP

Ver perfil do usuário http://antoileanthiar.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Solas na Gealaí em Qui Out 25, 2007 10:34 pm

Os Gaedels foram para Tara. No Drum Cain era seu nome naquela época entre os Tuatha De Danann, Liathdruim era seu nome entre os Fir Bolg. Houveram três reis antes deles em Laithdruim; chamados, Mac Cuill, Mac Cecht e Mac Greine. Os filhos de Mil exigiram uma batalha ou o reino ou julgamento deles.

Eles decretaram para os filhos de Mil que eles deveriam ter a posse da Terra da ilha no final de nove dias, para partir, ou se submeter, ou se preparar para batalha. "Se meu conselho for executado," disse Donn filho de Mil, "é uma batalha que assim será." Os filhos de Mil não concederam a trégua que eles procuravam para os Tuatha De Danann..

"Nós daremos," disseram os reis, "o julgamento de seus próprios operam para vocês, assim se eles derem um falso julgamento contra nós eles morrerão no mesmo lugar."

"Dê o julgamento, Amergin; " disse Donn.

"Fale," said Amergin. "Conceda a terra ser deixada
Para eles até nós voltarmos novamente para tirá-la a força."

"Para onde devemos ir?" disse Eber Donn.

"Sobre nove ondas," disse Amergin; e ele disse isso:

Os homens que você encontrou estão de posse:
Sobre as nove verdes e longas ondas
Do mar que avança vocês:
A não ser que por seu poder então seja plantado,
Rapidamente deixe a batalha ser preparada.
Eu designo a posse
Da terra que vocês encontraram:
Se vosso amor ceder este prêmio,
Se vosso amor não cede-lo, não-
Sou eu que digo isso a vós.

" Se for meu conselho que sera seguido," disse
Donn filho de Mil, "batalha então será." Todavia os filhos de Mil foram pelo conselho e julgamento de Amergin de Liathdruim para Inber Scene, o lugar onde eles haviam deixado seus navios, e passaram por sobre nove ondas. "Deixe-nos confiarnos poderes," disseram os druidas, " que eles nunca consigam alcançar a Irlanda." Com isso os druidas lançaram ventos druídicos atrás deles, tão boa era a história; então a tempestade os pegaram na direção oeste no ocetano até eles ficarem cansados. "Um vento druídico é isso," disse Donn filho de Mil. "É certamente” disse
Amergin, "a não ser que seja mais alto que o mastro; descubra para nós se assim o é." Erannan o mais jovem filho de Mil subiu no
mastro, e disse que não estava sobre eles. Com isso ele caiu no deck do navio do mastro, assim eles quebraram seus ossos.

"Uma vergonha para nossos homens de conhecimento isso é," disse Donn,
"não suprimir o vento druídico."

"Não sera vergonha alguma," disse Amergin, se levantando; e ele disse:

Eu invoco a terra da Irlanda.
Muito amaldiçoado seja o mar fértil,
Fértil seja a montanha de frutos derramados,
Frutos derramados sejam as árvores chuvosas,
Chuvoso seja o rio de cascatas,
De cascatas seja o lago de piscinas profundas,
De piscina profunda seja a fonte do topo da colina,
Uma fonte de tribos seja a seembléia,
Uma assembléia dos reis seja Tara,
Tara seja a colina das tribos,
As tribos dos filhos de Mil,
De Mil seja os barcos as cascas de árvores,
Deixe a sublime casca de árvore ser a Irlanda,
Sublime Irlanda Escuramente cantada,
Uma encantação de grande esperteza;
A grande esperteza das esposas de Bres,
As esposas de Bres de Buaigne;
A grande dama Irlanda,
Eremon a conquistou,
Ir, Eber invocou por ela.
Eu invoco a terra da Irlanda.

Imediatamente uma calma e tranquilidade veio para eles no mar. Disse Donn, "Eu colocarei na ponta de lanças e espadas os guerreiros que estão na terra agora, só deixe-me desembarcar." O vento
Aumentou sobre eles por causa disso, de forma que separou deles o barco no qual estava Donn; e ele afundou em Dumacha.
Vinte e quarto guerreiros de valor, doze mulheres, e quatro mercenários, com seu povo são os números que foram afundados com Donn naquele navio. Depois disso Donn foi enterrado em Dumacha; assim por causa dele "Tech Duin" é assim chamado, e há seu próprio monte sepulcral e o monte sepulcral de todos que foram afundados dos chefes do seu povo com ele, naquele lugar. Agora Dil filha de Mil, Eremon a enterrou, " pelo amor que ele tinha por ela, assim ele disse ao cobri-la com terra,
" Esta é a terra numa "pessoa querida" (dil)" disse ele. Estes foram os chefes que afundaram com Donn naquela vez: Bile filho de Brige, Airech Febra, Buss, Bres, e Buagne. Ir foi enterrado em Scellic de Irras, como dissemos acima, Erannan morreu no riacho depois de ir contemplar o vento, e depois de quebrar seus ossos no deck. Oito chefes foram suas perdas entre seus nobres até então.

Na noite na qual os filhos de Mil foram para a Irlanda foi a explosão de Loch Luigdech sobre a terra no oeste de Munster. Quando Lugaid
Filho de Ith estava tomando banho no lago e Fial filha de Mil sua esposa estava se banhando no rio que deságua do lago, Lugaid foi para o lugar onde estava a mulher, ele estando pelado; e quando ela olhou para ele dessa forma ela morreu de vergonha de uma vez, e dela é nomeado o rio com seu riacho. Abatido estava Lugaid depois da morte da mulher, então ele disse:



Sentados estamos aqui por sobre a margem,
Tempestuoso o frio;
Rangendo em meus dentes,--uma grande tragédia
Foi a tragédia que me alcançou.
Eu digo uma mulher morreu
Sobre quem a fama engrandece'
Fial seu nome, da nudez de um guerreiro
Sob o limpo cascalho.
Uma grande morte foi a morte que me alcançou,
Duramente me prostrou;
A nudez de seu marido, ela olhou sob ele
Que descansa aqui.


Seis mulheres de seus nobres foram suas perdas no mar e terra desde sua partida da Espanha até então. Estes são seus nomes; Buan esposa de Bile; Dil esposa de Donn; Scene, ele mulher-satírica, esposa de Amergin Joelho-Branco (ela morreu com eles no mar enquanto eles estavam indo para a Irlanda; por isso Amergin disse, "O porto onde nós descemos, o nome de Scene estará nele". Isso é verdade, pois do seu nome é chamado Inber Scene); Fial esposa de Lugaid filho de Ith; a esposa de Ir e a esposa de Muirthemne filho de Bregan, eram as outras duas.

Quando os filhos de Mil alcançara a terra no riacho que nós mencionamos, e quando eles enterraram a tropa de seus nobres que morreram pore les, Eremon e Eber Finn dividiram a frota com seus chefes e servos em dois entre eles. Depois disso Eremon navegou com trinta navios, mantendo a Irlanda a sua mão esqueda, e ele desembarcou em Inber Colptha. Estes eram os chefes que estavam com ele: Eber filho de Ir, Amergin o poeta, Palap, Muimne,Luigne, laigne, Brega, Muirthemne, Fuad, Cualgne, Colptha, Goisten, Sedga, Suirge, e Sobairce. Os três últimos eram os campeões. Estes eram os escravos que estavam com Eremon: Aidne, Ai, Asal, Mide, Cuib, Cera, Ser, Slan, Ligen, Dul, Trega, Line.

Ao colocar seu pé direito na margem em Inber Colptha, foi então que Amergin declamou sua rapsódia:


Eu sou um vento no mar
Eu sou uma onda no oceano
Eu sou o urro do mar,
Eu sou um poderoso boi,
Eu sou um falcão num penhasco,
Eu sou uma gota de orvalho no raio de sol,
Eu sou um javali por valor,
Eu sou um salmão nas lagoas,
Eu sou um lago na planície,
Eu sou a força da arte,
Eu sou uma lança com estragos que recompensa batalha,
Eu sou um homem que forma fogo na cabeça.
Quem limpa o lugar de pedra da montanha?
Qual o lugar no qual o pôr-do-sol se deita?
Quem procurou paz sem medo por sete vezes?
Quem nomeia as cascatas?
Quem traz seu gado vindo da cada de Tethra?
Qual pessoa, qual deus faz armas em um forte?
Em um forte que abrigam escritores satíricos,
Cantam uma súplica, dividem as letras Ogam,
Separam uma tropa, cantou louvores?
Um sábio satírico.
Ele cantou mais tarde para aumentar os peixes nos riachos:
Mar cheio de peixes-
Terra fértil-
Explosão de peixes-
Peixes sob ondas-
Com a direção dos pássaros --
Mar Duro-
Uma parede branca--
Com centenas de salmões-
Grandes baleias-
Uma música de porto-
Uma explosão de peixes.

_________________
Três coisas das quais nunca se desviar: seu juramento, seus Deuses, a verdade.
avatar
Solas na Gealaí
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/10/2007
Idade : 38
Localização : RJ/SP

Ver perfil do usuário http://antoileanthiar.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Solas na Gealaí em Qui Out 25, 2007 10:41 pm

Quanto a Eber Finn filho de Mil, ele ficou ao sul com trinta navios com ele, até eles chegarem nas tropas das batalhas que lutaram entre eles e os Tuatha De Danann. Estes são os chefes que estavam com Eber; Lugaid filho de Ith, Er. Orba, Feron, Fegana os quarto filhos de Eber, Cuala, Blad, Ebleo, Nar, En, Un Etan, Caicher, Mantan, Fulman. Os seis últimos,-En, Un, etc. Foram campeões. Estes eram os escravos que estavam com ele; Adar, Aigne, Deist, Deala, Cliu, Morba, Fea, Liffe, Femen, Feara, Meda, and Obla.
Quando os filhos de Mil alcançaram seu lugar de desembarque eles não demoraram até alcançarem Sliab Mis; e a batalha de Sliab Mis
Foi travada entre eles e os Tuatha De Danann, e a vitória estava com os filhos de Mil. Vários dos Tuatha De Dannan foram mortos nessa batalha. Foi lá que Fas esposa de Un filho de Uicce caiu, de quem é chamado Glen Faise. Scota esposa de Mil caiu no mesmo vale; por sua causa é chamado "Túmulo de Scota", entre Sliab Mis e o mar. Os filhos de Mil foram mais tarde para Tailltiu,e outra batalha foi travada entre eles e os
Tuatha De Danann lá. Veemente e muito calorosamente foi a luta, pois eles estavam desde manhã até o anoirtecer competindo, talhando ossos , e multilando uns aos outros; até os três reis e as três rainhas da Irlanda cairem lá - Mac Cecht por Eremon, Mac Cuill por Eber Finn, Mac Greine por Amergin, Eriu por Suyirge, Banba por Caicer, e Fodla por Etan. Estas foram as mortes de seus chefes e príncipes. Depois disso os Tuatha De Danann foram afugentados para o mar e os filhos de Mil e seu anfitrião foram por um longo tempo seguindo a multidão. Lá cairam, de qualquer forma dois nobres chefes do povo dos filhos de Mil ao se impôr na multidão, chamados, Fuad em Sliab Fuait, e Cualgne em Sliab Cualgne, junto com outros guerreiros ao lado, que cairam juntos dos dois lados. Quando os Tuatha De Danann foram esmagados e expelidos pela batalha que foi lutada entre eles, os filhos de Mil tomaram o reinado da Irlanda.
Depois disso lá cresceu uma disputa entre os filhos de Mil sobre o reinado, isso foi entre Eremon e Eber, por isso Amergin foi trazido para fazer a paz entre os dois. Ele disse que a herança do mais velho, de Donn, deveria ir para o mais jovem, para Eremon, e sua herança para Eber depois dele; Eber não aceitou isso, mas insistiu na divisão da Irlanda. Eremon concordou com isso. Consequentemente a Irlanda foi dividida em dois entre eles, a metade norte para Eremon, de Srub Brain até o Boyne, a metade sul para Eber, do Boyne até Tonn Clidna. Haviam cinco chefes na divisão de cada um deles. Com Eremon primeiro, Amergin, Sedga, Goisten, Suirge, e Sobairce. Agora naquele ano estes fortes foram cavados por Eremon e seu povo: Rath Beothaig, acima de Nore em Argat Ros; Rath Oinn, no território de Cula, por Eremon; trilha de Inber Mor, no território de Ui Enechglais, por Amergin; a construção de Dun Nair, em Sliab Modoirn, por Goisten; a construção de Dun Delginnse, no território de Cuala, por Sedga; a construção de seu forte por
Sobairce em Morbolg de Dal Riada; a construção de Dun Edar por Suirge. Estes são os fortes construídos por Eber e estes eram os chefes que estavam com ele: Etan, Un, Mantan, Fulman, e Caicer eram seus cinco chefes. Rath Uaman, em Leinster, foi cavado por Eber; Rath Arda Suird por Etan filho de Uicce; a contrução de Carrig Blaraige por Mantan; a construção de Carrig Fethnaide por Un filho de Uicce; a construção de Dun Ardinne por Caicer; a construção de Rath Riogbard, em Muiresc, por Fulman.

Então assim, pela comemoração da certeza dos problemas supramencionados isto foi dito:

Expedições dos filhos de Mil sobre o mar
Da Espanha de navios claros,
Eles se foram , não é proeza de mentira,
A verdadeira batalha da Irlanda em um dia.

Este é o conto que eles foram
Ao mar, com número alto de riquezas e pessoas,
Até um bravo show Deus os levou,
Com sessenta e cinco barcos escolhidos.

Eles atratacam no nobre riacho
O qual é chamado Branco Rampart;
Foi a causa da doença, e tentative sem falha,
Da vista do guerreiro Lugaid.

Disso é, vindo de fora
O riacho de Fail de generosas uniões;
Do dia que ela morreu na branca Banba--
Fial filha de Mil da Espanha.

No final de três dias, brilhante preparação,
Os Tuatha De lutaram
A batalha de Sliab Mis, --glória que não foi fracasso,
Contra os grandes filhos de Mil.

Eles ganharam, um dito sem reprovação,
A batalha contra a Banba da cabeça justa,
Onde morreu Fas teceu em verso,
Com a muito justa filha do Faraó.

Antes do fim de um ano, foi a fama final,
Entre os chefes das tropes pesadas,
Em duas vezes seis divisões, um curso praseiroso,
Eles mais tarde dividiram a Irlanda.

Sobre o lado norte um progresso sem tristeza,
Eremon foi pego como alto príncipe;
De Srub Brain, os quais versos adornam,
Cada tribo do Boyne.

Estes são os cinco guardiões do controle
Para quem ele aceitou acompanhá-lo;
Amergin, Sedga também, Goisten, Sobairce,
Suirge.

Eber, filho de Mil abundante de graça,
Tomou a metade sul,
Do eterno Boyne, escolhida a partida,
Até a onda da filha de Genann.

Estes são os cinco, com centenas de explorações,
Os chefes que eram subordinados a ele;
Etan, e Un de alegre reino,
Mantan, Fulman, e Caicer.

No mesmo ano
Os fortes reais foram cavados,
Pelos filhos de Mil,--honra de promessas,
Depois da completa divisão da terra da Irlanda.

Rath Oinn, Rath Beothaig aqui,
Por Eremon em Argat Ros;
Em Sliab Mis, depois de uma série de presságios,
A construção de Dun Nair por Goisten.

Suirge largamente extendido, que mostrou valor,
Construiu o grande Dun Edar;
E o som, gloriosa realização,
De seu forte por Sobairce.

Por Eber de brilhante valor, foi cavado
Rath Uaman na planície de Leinster;
Rath Arda Suird, o enriqueceu,
Foi cavado por Etan filho de Uicce.

Rath Carraig Fetha assim,
Foi feito por Un filho de Uicce;
E por Mantan,--gloriosa proeza,
A fundação de Carrig Blaraige.

Rath Rigbard no bom Muiresc,
Bem perspicaz Fulman o construiu;
Caicer das batalhas, uma prazeirosa realização,
Tomou Dun Inne no oeste da Irlanda.

Estas são suas proezas de valor,
Da límpida, gloriosa, grande tropa real;
Foi uma grande realização, depois da batalha , sem manchas;
Deles eram cada ganho, cada expedição.

Das aventuras dos Gaedels do tempo quando eles vieram de Cítia até eles tomarem a Irlanda e a divisão da Irlanda entre eles, com seus chefes, o poeta Roigne Roscadach filho de Ugaine Mor disse para Mal filho de Ugaine seu irmão, quando Mal o questionou: "Cante tua descrição no grande conenhimento da Irlanda, O Roigne," Roigne respondeu a ele dizendo:

O nobre filho de Ugaine,
Como alguém chega até o conhecimento da Irlanda,
A conquista de sua companhia?
Antes deles inundar Scythia
Eles alcançaram o rei das tropes de Shinar;

Eles se aproximaram do Egito,
Onde Cingeris foi extinguido,
Assim a grande tropa foi destruída,
Quem morreu no Mar Vermelho.

Eles correram através de um espaço bem fiel,
Com a luta do Faraó;
Niul contrata com Scota,
A concepção de nossos pais.

Eles tomaram o nome de "Gaedels,"
O nome "Scots" se estende,
A justa filha do Faraó.

Eles se espalham pelas terras,
Explodem em Cítia,
Determinam longo combate--
As Crianças de Nel e Noenbal.

Golam era um jovem senhor,
Que escravizou o filho de Neman,
Escapou do Egito,
Onde estava Nectanebus.

O Faraó estava dando as boas-vindas
Para Golam; deu
Um casamento Nectanebus,
Scota estava na cabeceira do berço;

Um nome foi mudado deles.
Eles avançaram passando pela África,
Bom era o homem de quem eles tremiam;
Fenius Farsad, o perspicaz,
Bem ele derramou para nós um último nome.

Eles se aproximaram da Espanha,
Onde nasceu uma numerosa progenia,
Donn, Airech, Amergin,
Eber, Ir, Colptha ele próprio,

Eremon, Erannan,
Os oito filhos de Golam.
A reputação de Mil caiu sobre eles,
Os filhos de Mil próspero;

Seus estudiosos resolveram,
Dividiram navios,
Os Homens retornaram do enterro de Fial.
Eles dividiram a Irlanda,
Em duas vezes seis, uma herança de chefes.

Procure a verdade de cada lei,
Relate severamente a investigação, O Filho!

_________________
Três coisas das quais nunca se desviar: seu juramento, seus Deuses, a verdade.
avatar
Solas na Gealaí
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/10/2007
Idade : 38
Localização : RJ/SP

Ver perfil do usuário http://antoileanthiar.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Solas na Gealaí em Qui Out 25, 2007 10:42 pm

Depois de Eremon e Eber terem dividido os chefes, eles tinham dois distintos artistas que vieram em sua companhia do oeste, chamados, um poeta e um harpista. Cir filho de Cis era o poeta, Cennfinn o harpista. Eles dividiram um terreno sobre eles para saber qual dos dois deveriam estar com cada um deles; assim, pela decisão do destino, o harpista foi para o sul com Eber e desde então melodia de música e harmonia seguiram na metade do Sul da Irlanda. O poeta foi com Eremon, e o conhecimento de poesia e canto seguiram ele no Norte desde então. Para comemorar isso foi dito:

Os dois filhos de Mil, famoso em dignidade,
Tomou a Irlanda e a Bretanha;
Com eles seguiram lá até aqui
Um gentil poeta e um harpista.

Cior filho de Cis, o brilhante poeta,
O nome do harpista Cennfin;
Com os filhos de Mil, de brilhante fama,
O harpista tocou sua harpa.

Os príncipes, com várias batalhas,
Tomaram o reino da Irlanda;
Eles o fizeram com esplendor, divertido o som,
Eber e Eremon.

Eles dividiram o terreno rapidamente
Sobre os grandes homens da arte;
Assim lá caiu para o terreno do sulista
O harpista, justo e honrado.

Melodia de música mais bonita do que de qualquer companhia
Vem dem direção ao Sul no sul da Irlanda;
Foi assim que seria para o fortuno Julgamento
Com a famosa semente de Eber.

Lá caíram para o lado do nortista
O homem de aprendizado com grande excelência;
De ai em diante as tribos que trouxeram sua ostentação
Tem conhecimento de poesia e aprendizado.

_________________
Três coisas das quais nunca se desviar: seu juramento, seus Deuses, a verdade.
avatar
Solas na Gealaí
Admin

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/10/2007
Idade : 38
Localização : RJ/SP

Ver perfil do usuário http://antoileanthiar.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tradução: Lebor Gabala Erren/ Livro das Conquistas

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum